E-book intermediador
7 dicas de fidelização de clientes para empresas de serviço

7 dicas de fidelização de clientes para empresas de serviço

O foco de muitas empresas é aumentar sua carteira de consumidores com a intenção de se consolidar no mercado. O detalhe de que muitas se esquecem é que, para cumprir esse objetivo, é fundamental investir na fidelização de clientes. Afinal, ao contar com um público fiel, o negócio mostra que está desenvolvendo um bom trabalho. Isso sem contar que a fidelização ainda facilita as ações de marketing, atendimento e vendas, que precisam estar integradas para promover a expansão dos lucros.

Se você quer contar com fregueses assíduos, que não só compram frequentemente mas também promovem sua marca, é importante analisar e praticar as 7 dicas que vamos apresentar neste post. Confira!

1. Aposte no monitoramento

Entenda: é preciso realmente entender os clientes para fidelizá-los. Para isso, é fundamental coletar informações sobre seu comportamento. Hoje em dia, várias organizações vêm usando o Customer Relationship Management (CRM), ferramenta que ajuda a gerir o relacionamento com os fregueses. Esse recurso é excelente porque dispõe de diversos dados, como:

  • informações pessoais — como nome, data de nascimento, telefone e endereço;
  • mercadorias ou serviços já adquiridos, além de data da última compra;
  • valor médio por aquisição;
  • lista de elogios e protestos feitos pelo consumidor.

Quando a empresa conhece o cliente, fica muito mais fácil personalizar o atendimento e investir em ações precisas, que vão realmente atraí-lo para as compras. Isso faz com que o freguês tenha uma identificação maior com a marca, o que é ótimo para as vendas. Isso sem falar que o aumento no número de consumidores fiéis contribui para reduzir a taxa de churn, que mede a quantidade de pessoas que deixam de adquirir seus produtos ou serviços.

2. Foque na comunicação

Ter informações sobre o público-alvo é um aspecto crucial para qualquer companhia ter um bom relacionamento com seus consumidores. Com esses dados em mãos, é preciso pensar em ações que mostrem para os clientes como eles são especiais para a marca. Uma maneira de cativar a audiência é avisar com antecedência sobre algumas iniciativas, como:

  • promoções especiais;
  • lançamento de produtos ou serviços;
  • parcerias com outras empresas que gerarão descontos;
  • criação de programas de fidelidade.

Para manter os fregueses bem informados, uma empresa deve contar com comunicação personalizada. Isso pode ser feito com o envio de informativos, newsletters e jornais corporativos que tratem de assuntos relevantes para cada tipo de cliente. O conteúdo não deve ter foco unicamente comercial, mas também educativo. Com essa medida, os consumidores fiéis se sentirão mais valorizados e terão mais confiança nas ações da empresa, o que favorece a expansão do negócio.

3. Adote um plano

A empreitada até a fidelização de clientes não tem fim: é preciso criar alternativas para mantê-los identificados com a marca. Pensando nisso, diversos estabelecimentos criam programas de fidelidade, oferecendo vantagens para os consumidores mais assíduos. Uma rede de cinemas pode oferecer um cartão fidelidade de modo que, a cada X bilhetes adquiridos, o cliente tem direito a uma entrada gratuita. Sem dúvida, essa iniciativa contribuirá para os consumidores darem preferência a seu negócio!

Com isso, a visibilidade da marca aumenta, o que pode estimular outras ações voltadas para o crescimento da interação com o público-alvo — como a publicação de fotos nas redes sociais de quem assistiu ao filme por conta da empresa, mostrando aos amigos e familiares que estão se divertindo graças a você! Isso os deixa mais felizes e identificados com a marca, o que os faz voltar mais vezes. Com essa ação, todos saem ganhando.

4. Ouça com atenção

Como já dizia um velho ditado popular, o freguês tem sempre razão. E ignorar essa tendência é um erro grave para qualquer tipo de negócio. Por mais que, às vezes, o consumidor possa ser exigente demais sem motivo, a empresa ainda deve estar disposta a ouvi-lo. Nesse sentido, uma boa iniciativa para melhorar a comunicação com o público-alvo é criar uma ouvidoria, setor responsável por coletar, analisar e responder as reclamações e sugestões dos consumidores.

Também é preciso acompanhar o andamento de cada demanda aberta na ouvidoria, preferencialmente entrando em contato com o cliente para saber se ele ficou satisfeito com o atendimento disponibilizado e com a forma como a pendência foi resolvida. Mostrar que se importa é uma maneira de valorizar e cativar o cliente. Com uma postura focada no consumidor, é possível transformar problemas em situações positivas para a empresa!

5. Invista em treinamento

A acomodação e a inércia são grandes inimigas das empresas. Uma ótima opção para combater esse mal é promover capacitações para os funcionários. Palestras, workshops, cursos e seminários são alternativas que ajudam os colaboradores, pois oferecem informações valiosas que podem melhorar seu desempenho. Reforce sempre a importância de um bom atendimento para conquistar a confiança do cliente. Afinal, essa não é uma tarefa fácil. Um erro apenas já pode fazer com que o consumidor opte pela concorrência.

Quando uma organização investe em treinamento, as possibilidades de fidelização se tornam automaticamente maiores. E a lógica por trás disso é simples e direta: dessa forma, você contará com funcionários mais preparados para prestar bons serviços e ter uma relação mais harmoniosa com os fregueses.

6. Analise a satisfação

Como saber se as ações estão obtendo os resultados esperados? Uma boa resposta para essa pergunta é verificar o nível de satisfação dos clientes. Para isso, você pode enviar questionários por e-mail, fazer entrevistas por telefone ou conversar pessoalmente com os consumidores no estabelecimento. Com essas informações em mãos, a organização pode verificar tanto seus pontos fortes como suas fragilidades.

A partir daí, a gestão pode optar por rever suas estratégias e adotar medidas para melhorar o relacionamento dos fregueses com a marca. No fim das contas, ao compreender melhor a demanda, a empresa pode expandir suas vendas e fazer com que os clientes fiquem mais satisfeitos com suas aquisições.

7. Ofereça um diferencial

Sem dúvida, tratar os consumidores com simpatia e educação é uma medida importante para cativá-los. Contudo, essa postura já não é mais suficiente para mantê-los, caso os serviços ou produtos oferecidos estejam abaixo das expectativas. Imagine um restaurante que tem garçons prestativos e conta com um espaço amplo, organizado e limpo, além de ter preços competitivos. Apesar disso, o estabelecimento é pouco frequentado pelo público. Por quê? Por um simples motivo: a qualidade da comida deixa a desejar.

Essa situação mostra que é preciso fazer um grande esforço para concretizar a fidelização dos clientes. Funcionários qualificados, atendimento de alto nível, opções variadas de pagamento, além de produtos e serviços diferenciados: essa é a receita completa para o sucesso!

Por fim, comente aqui e nos conte se já aplica alguma das nossas sugestões de fidelização de clientes no seu negócio! Tem alguma outra dica que gostaria de acrescentar? Participe e enriqueça nosso conteúdo!

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Thadeu Arias
Thadeu Arias Designer Gráfico e Web, sua passagem por agências de publicidade, como Diretor de Arte e Criação, trouxeram experiência em Fotografia, Cinegrafia e Motion Graphics. Acredita que através do Design, pode ajudar a melhor o dia a dias das pessoas. Estuda estratégias de SEO e Growth Hacking, especialista em Inbound Marketing e Produção de Conteúdo para Web 2.0.