Checkout seguro: O que os clientes observam em sua loja virtual?

Checkout seguro: O que os clientes observam em sua loja virtual?

O termo checkout se refere à finalização de uma compra online. Todo o processo desde que o produto é colocado no carrinho até o pagamento está incluído no conceito de checkout. Investir em um checkout seguro, eficiente e que tenha boa usabilidade, é essencial para o sucesso e a lucratividade de sua loja virtual.

Neste post, vamos abordar os pontos que são analisados pelos clientes durante o checkout. Fique atento a estes pontos, melhore a abordagem do seu site com relação a eles e impulsione o seu negócio:

Certifique o seu site

A segurança é um fator fundamental para que o cliente finalize a compra em uma loja online. Se ele sentir que aquela loja pode não ser confiável, vai desistir da compra. É importante investir em segurança e fazer com que ele perceba que está em ambiente digital seguro. Entre as opções para implementar um checkout seguro, estão os certificados e os selos de segurança digital.

Os clientes prestam atenção, por exemplo, se o site tem https:// em seu endereço. HTTPS (Hyper Text Transfer Protocol Secure) é uma implementação do protocolo HTTP sobre uma camada adicional de segurança que utiliza o protocolo SSL/TLS. Além disso, o ícone de cadeado aparecerá na barra de endereço do navegador, fato também notado pelos usuários.

Poucas empresas vendem o certificado digital SSL. Entre elas, estão a Site Blindado, a Comodo e a Certisign. Os certificados SSL indicam que determinado site usa dados criptografados para se comunicar com o browser dos usuários. Isso impede que a comunicação seja interceptada e que os hackers tenham acesso a essas informações. Ou seja, garante o checkout seguro.

Confira abaixo os principais fornecedores de SSL e certificados digitais:

1. Site Blindado

A Site Blindado fornece, além do SSL, um selo de segurança muito conhecido. A empresa é especialista em segurança virtual e tem capacidade para monitorar operações nacionais e internacionais e analisar as vulnerabilidades de sites e servidores.

Outro ponto interessante é que o grupo oferece consultoria de segurança aos clientes e aponta fatores de risco nos sites.

2. Comodo

A Comodo atende atualmente mais de 200 mil sites. A empresa oferece tanto o certificado digital quanto várias outras soluções em segurança.

Um dos diferenciais do grupo é que os seus certificados têm o Corner Trustlogo, indicador que assegura a identidade do site em tempo real. O usuário não precisa sequer clicar no selo, basta colocar o mouse sobre ele para verificar que o site oferece um checkout seguro.

3. Certisign

Uma das empresas emissoras do certificado SSL, a Certisign já emitiu mais de 5 milhões de certificados e tem mais de mil pontos de atendimento em território nacional.

Além de garantir a autenticidade do site, o certificado da empresa oferece um canal protegido via criptografia para comunicação.

4. ClearSale

Um dos selos de segurança mais utilizados no e-commerce é o da ClearSale. A empresa é especializada em vários segmentos de comércio eletrônico, inclusive em gestão antifraude.

O grupo utiliza uma base de cadastros aliada à estatística e à tecnologia e tem uma equipe treinada para identificar fraude eletrônica. A tecnologia contribui para sinalizar os pedidos que fogem do padrão dos clientes e que podem estar relacionados ao uso de dados por terceiros.

Quando isso acontece, a transação é imediatamente reprovada e a empresa entra em contato com o consumidor para averiguar se a transação realmente foi realizada por ele.

Seja transparente

Além de oferecer um checkout seguro, uma boa loja online deve ter um checkout transparente. Isso implica, por exemplo, em deixar claras quais são as formas de pagamento e a política de devolução e troca da sua loja online.

Além disso, você pode informar o cliente sobre os passos do checkout. Assim, ele saberá como será o processo desde o começo. Leve este item a sério: um dos principais fatores que inspiram confiança nos clientes é a transparência.

Indicadores de progresso

Por isso, no quesito transparência, merecem destaque os indicadores de progresso. É importante que o consumidor saiba em que etapa está e consiga visualizar quantas ainda vêm pela frente. Se ele sentir que o processo será longo e penoso, é possível que desista da compra. Por isso, indicadores de progresso são estratégicos.

O indicador pode ser uma barra, por exemplo, ou ainda um número que indique o total de etapas e qual é o correspondente numérico da etapa atual. Por exemplo: esta é a etapa número 1/4.

Consciente do seu progresso no checkout, o consumidor fica muito mais propenso a finalizar a compra.

Simplifique o acesso

É importante que o processo de checkout seja realizado em um servidor seguro. Mas, além disso, também é importante adotar outras formas visuais de inspirar credibilidade no cliente. O site deve funcionar sem erros, com carregamento rápido, sem travar e sem longas telas.

Quanto menor o número de ações que o cliente tiver que realizar para finalizar o checkout, melhor. O processo de finalização da compra deve ser intuitivo. Se o cliente tiver que parar para pensar, é possível que abandone a transação.

É importante que o cliente consiga acessar com facilidade as etapas anteriores para corrigir erros ou fazer alterações, como mudar o endereço de entrega ou alterar a quantidade de itens do carrinho.

Se o cliente desejar alterar os itens do carrinho, e não encontrar a forma de fazer isso, esse motivo pode levá-lo a desistir da compra. Por isso, a usabilidade do site é um fator muito importante para garantir a conversão da compra.

Teste a usabilidade do seu site tanto com usuários habituais quanto com familiares, amigos e diferentes públicos, principalmente aqueles que não estão habituados a fazer compras na internet.

Pagamento seguro

Todas as medidas anteriores de nada adiantarão se o cliente não tiver acesso a uma forma adequada e segura para o pagamento. Conheça as preferências de pagamento do seu público e tome as medidas necessárias para atendê-los. Eles preferem pagar no boleto, crédito ou débito? É necessário parcelar uma compra em diferentes cartões?

Na etapa de pagamento, é essencial que o site seja seguro o bastante para garantir que os dados dos clientes serão sigilosos. Além disso, existem formas de verificar, por exemplo, se os dados do cartão de crédito estão corretos antes de processar a compra. Dessa forma, você evita prejuízos e garante a privacidade dos clientes.

Caso você não tenha experiência no tema, uma boa opção são intermediadores de pagamentos. Também chamados de subadquirentes, eles são empresas especializadas em pagamentos online. Entre elas, a Yapay, que garante 100% do Chargeback, desde que comprovada a entrega da mercadoria.

Os intermediadores fazem o meio de campo entre a loja online e as operadoras de cartão de crédito, os bancos e as instituições financeiras, em geral. Dessa forma, poupam tempo e recursos das empresas de e-commerce, entre eles a Yapay, plataforma de Pagamentos Online by Locaweb.

Seu site tem certificados de segurança? As etapas do checkout são visíveis e o cliente pode fazer alterações com facilidade? O site usa intermediadores de pagamentos? Esses são alguns dos fatores que devem ser verificados para garantir um checkout seguro. Gostou do nosso post? Então, compartilhe-o nas redes sociais e acompanhe as nossas postagens.

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo