Logo da Universidade Yapay com a coruja como símbolo Conheça a Universidade Yapay!

Veja 5 formas de como evitar o chargeback em sua loja

O chargeback pode ser altamente prejudicial para o rendimento da sua loja. Conheça as maneiras para se prevenir contra ele.

Veja 5 formas de como evitar o chargeback em sua loja

Para que o seu e-commerce sempre gere bons resultados, você precisa se certificar de que nenhuma parte da sua estratégia esteja funcionando contra você. Algo fundamental para isso é saber como evitar o chargeback em sua loja.

O chargeback ocorre quando o consumidor reivindica um pagamento, gerando um estorno a seu favor. Ou seja, a loja que contava com o valor daquela venda, de repente se vê sem aquele ganho, gerando prejuízo.

Diversos cenários possíveis podem dar origem a um chargeback. Geralmente, são situações de fraudes ou insatisfação com o produto. Vale a pena adotar algumas ações com foco em se prevenir contra esse tipo de reação do cliente.

Quer saber como fazer isso? Então conheça, a seguir, 5 formas de como evitar o chargeback em sua loja.

1. Melhore o seu pós-vendas

Muitos problemas que ocorrem após uma compra feita pela internet podem resultar em chargeback. E, na maioria dos casos, seria possível se prevenir contra eles ao se preocupar mais com a qualidade do seu atendimento ao cliente.

Procure entender quais são as principais dificuldades enfrentadas pelas pessoas após comprar em sua loja e prepare o seu time de atendimento para essas ocorrências. Reforce sua adesão ao Código de Defesa do Consumidor e evite passar por problemas.

2. Use um sistema antifraude

O chargeback também é um recurso de segurança, usando para reembolsar compras feitas de maneira fraudulenta. Além de pensar na proteção da integridade do seu e-commerce, você também precisa prezar pela segurança dos seus clientes.

Para isso, experimente começar a utilizar um sistema antifraude em seu e-commerce. Ele ficará encarregado de garantir que todas as transações realizadas nele sejam legítimas e os dados dos seus clientes fiquem protegidos.

3. Otimize o soft descriptor

Como o nome do seu e-commerce aparece na fatura do cartão do seu cliente? Esse detalhe pode parecer pequeno, mas pode ser um motivador de chargeback se ele não for facilmente identificado.

O soft descriptor é o pequeno texto que identifica a sua loja. Otimizá-lo significa deixar bastante claro o nome do seu e-commerce para que o seu comprador se lembre do que se trata.

4. Facilite a devolução do produto

Um chargeback e um reembolso são coisas bem diferentes. Afinal, somente no segundo caso você recupera o produto e pode recolocá-lo à venda, podendo recuperar aquela venda perdida.

Portanto, certifique-se de ter uma política clara e eficiente de devolução de produtos. Conte com um mecanismo simples de entender e utilizar para transmitir mais confiança e transparência ao seu cliente.

5. Descreva bem seus produtos

Um e-commerce precisa se comunicar de forma clara e objetiva com seus clientes. Senão, arrisca frustrar essas pessoas ao receberem um item que não era o que esperavam, aumentando as chances de requisitarem um chargeback.

Para evitar esse problema, dê mais atenção ao espaço de descrição dos seus produtos. Nele, procure responder às principais dúvidas que seu comprador demonstrar.

Saber como evitar o chargeback em sua loja é apenas o primeiro passo. O ponto mais importante envolve considerar as recomendações deste artigo e estruturar um plano robusto para garantir o melhor funcionamento do seu e-commerce. Assim, seus compradores ficarão mais satisfeitos e você terá resultados melhores.

Conheça mais formas de otimizar seus resultados ao trabalhar com sua loja online. Basta cadastrar o seu e-mail para começar a receber a nossa newsletter!

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo