E-book intermediador
Como preparar a sua loja virtual para compras mobile?

Como preparar a sua loja virtual para compras mobile?

Se você tem uma loja online e ela ainda não está adaptada para compras mobile, você está perdendo vendas. Realizada em 2015, uma das atualizações do algoritmo de pesquisa do Google começou a focar em fornecer melhores resultados aos usuários que usam smartphones, tablets e outros dispositivos móveis.

A partir dessa mudança, os sites considerados compatíveis com dispositivos móveis passaram a ter classificações mais favoráveis no mecanismo de pesquisa em comparação àquelas que não estão preparadas para o mobile.

A ideia de fazer grandes mudanças em seu site pode parecer assustadora, mas os benefícios superarão o tempo, o esforço e o dinheiro que isso poderá custar. Confira, neste post, a importância crescente das compras mobile e como tirar proveito dessa tendência!

Por que o mobile é tão importante?

Para termos uma ideia da importância dos acessos e das compras mobile, de acordo com estatísticas da Invesp, em 2014, cerca de 1,6 bilhão de pessoas usaram os seus dispositivos móveis para fazer compras online no mundo todo. Até o final de 2017, a estimativa era de que mais de dois bilhões de usuários de telefones celulares ou tablets realizariam alguma compra via mobile.

Ao mesmo tempo, 95% dos usuários de internet móvel procuram informações em seus telefones com o objetivo de contatar ou visitar um determinado negócio.

Os dispositivos móveis respondiam, em 2014, por 19% de todas as vendas do comércio eletrônico nos EUA. Estimava-se que esse número chegaria a 27% até o final de 2018, o que representa 1 em cada 4 dólares de todo o e-commerce dos EUA.

De acordo com relatório da Criteo, de 2018, o número de vendas em smartphones cresceu 22,5% no último ano, chegando a cerca de 30% de todas as compras, enquanto o consumo via computadores caiu.

O relatório, chamado Global Commerce Review, analisou dados individuais de navegação e compras de mais de 5.000 varejistas, em mais de 80 países durante o primeiro trimestre de 2018. Para a América Latina, incluindo o Brasil, o relatório aponta que cerca de 50% das compras são realizadas em ambiente mobile. O crescimento das aquisições mobile da região foi impressionante: 43% entre 2017 e 2018.

Por isso, se você um tem e-commerce, é importante atender bem aos compradores em dispositivos móveis. É preciso considerar, por exemplo, a forma como os produtos são exibidos em aplicativos móveis e a facilidade do checkout nesses dispositivos.

Plataformas de comércio eletrônico, como Magento, WooCommerce e Shopify, também oferecem temas ou modelos responsivos, mas ainda pode ser necessário realizar algumas personalizações para torná-los totalmente compatíveis com dispositivos móveis.

Por que o seu e-commerce deve ser compatível com dispositivos móveis?

Não há como negar a popularidade dos smartphones e tablets. Se o seu site for exatamente o mesmo em um computador e em um dispositivo móvel, é bem provável que seja difícil visualizá-lo em um smartphone, por exemplo.

Além disso, se ele não estiver otimizado adequadamente para a visualização em dispositivos móveis, o Google penalizará a sua página nos resultados de pesquisa, indicando sites similares aos seus clientes em potencial, compatíveis com dispositivos móveis.

Como saber se o meu site é compatível com dispositivos móveis?

Para descobrir se a sua loja online é compatível com smartphones e tablets, você pode verificar como o site se comporta nesses aparelhos. Analise se ele continua com boa navegabilidade e se as imagens carregam rapidamente.

Você também pode usar o teste para dispositivos móveis do Google, que informará se o buscador considera que a sua página é compatível com dispositivos móveis.

Como é uma loja online compatível com dispositivos móveis?

O eBay, a Amazon e o Etsy são exemplos de sites adaptados para dispositivos móveis. Todos eles têm os seus próprios aplicativos para smartphones e tablets, bem como sites adaptados para celular. Portanto, se você procura um exemplo de site que funciona bem no ambiente mobile, pode conferir esses três.

Além disso, se você vai começar a adaptar o seu site agora, é interessante pesquisar várias lojas online, elencar as mais atraentes e interessantes e testá-las no Google, para conferir se elas são consideradas adaptadas para compras mobile. Assim, você encontra referências otimizadas.

Como tornar o meu site otimizado para celular?

Se você utiliza uma plataforma de compras, como o Shopify ou o Woocommerce pode realizar as seguintes adaptações:

Shopify

O Shopify oferece vários temas responsivos, o que significa que eles se ajustam de acordo com o tamanho da tela em que são visualizados. Para descobrir se o tema do Shopify que você usa é responsivo, tente visualizá-lo em um telefone. Se o seu tema não for responsivo, considere mudar. O Shopify também oferece um checkout responsivo.

Woocommerce

A maioria dos temas para o Woocommerce é compatível com dispositivos móveis. Por isso, talvez você não precise alterar nada. Se o seu tema de Woocommerce não for responsivo, você pode usar um plugin para criar uma versão do seu site otimizada para celular, como o WPtouch. Outra opção é mudar de tema ou reformular o seu site.

Se você não estiver usando uma das plataformas de comércio eletrônico listadas acima e não tiver um site compatível com dispositivos móveis, vale a pena considerar a migração do seu para uma dessas plataformas, usando um tema responsivo.

Caso contrário, você precisará reformular ou atualizar a sua loja online. Se você não tiver conhecimento no assunto ou uma equipe de desenvolvedores para essa tarefa, a experiência pode se tornar bastante complexa.

Para tornar o seu e-commerce mobile friendly, você deve considerar:

  • tempo de carregamento: se o site demorar muito para carregar em um dispositivo móvel, os clientes em potencial desistirão;
  • vídeos e animações: os clientes que usam um smartphone ou tablet costumam usar dados móveis. Por isso, não querem ver muitos vídeos e animações que levarão muito tempo para carregar e vão consumir os seus pacotes de dados;
  • tamanho: aumente o tamanho da fonte para que os clientes não precisem dar zoom para ler o texto;
  • botões e links: verifique se os botões para clicar nos itens ou comprar são grandes e espaçados o suficiente em uma tela pequena.

O seu checkout é mobile friendly?

Lembre-se também de conferir se o seu checkout é mobile friendly e se o seu gateway de pagamento é responsivo. Todo esforço de atrair e conquistar clientes pode ser em vão se, na hora de finalizar a compra, o processo for tão complicado que leve o cliente a abandonar o carrinho.

Diante dessas estatísticas e dados, fica clara a importância e o crescimento das compras mobile. Verifique se o seu site é mobile friendly e considere alterações caso ele não seja. Dessa forma, você estará preparado para se beneficiar do crescimento desse setor.

Após realizar essas adaptações para melhorar a experiência das compras mobile, considere também ler o nosso artigo e saber se a sua loja online é vulnerável a ataques de hackers. Isso pode trazer grandes prejuízos e até mesmo inviabilizar o negócio. Portanto, não perca essa leitura!

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)