E-book intermediador

Links quebrados no e-commerce: o que fazer?

A web é composta por uma infinidade de links. No entanto, quando um site sofre com links quebrados, toda essa base fica comprometida.

Links quebrados no e-commerce: o que fazer?

Um e-commerce se sustenta a partir da capacidade de os clientes encontrarem suas páginas de produto e fecharem negócio. Se a sua loja virtual está com links quebrados, dificilmente esse objetivo poderá ser realizado.

Além disso, esse problema transmite uma falta de credibilidade aos seus possíveis clientes. Talvez eles não confiem em fazer negócio com a sua loja se ela apresentar muitos links que não funcionem.

Para ajudá-lo a evitar esse problema, fizemos este post. Nele, conheça as principais ações que você deve realizar para se certificar de que o site do seu e-commerce não apresente links quebrados. Confira!

Faça uma varredura periódica

Existem diversas ferramentas que são capazes de realizar uma varredura em todo o seu site, em busca de links quebrados. Essa é uma forma bastante otimizada de se certificar de que esse problema seja solucionado sem precisar checá-lo manualmente.

Uma dessas possibilidades é o Dead Link Checker, que não só possibilita checagens individuais, como também permite o agendamento dessas varreduras em datas recorrentes.

Programe um redirecionamento 301

É normal que uma ou outra página mude de endereço, o que costuma ser uma das táticas de SEO para melhorar a sua posição no ranking do Google. No entanto, isso também pode gerar links quebrados que prejudicam a experiência do seu cliente.

Para solucionar o problema, você precisa de um script de redirecionamento 301. Ele será capaz de apontar a URL antiga para a nova, sem que ela gere erros de página não encontrada.

Saiba lidar com links quebrados externos

Nem sempre o seu problema de links quebrados será referente a links internos do seu e-commerce. Por inúmeros motivos, pode ser que você esteja usando links externos sem páginas de produtos ou outras situações.

Se esses links apresentarem problemas, você também precisa corrigi-los. Se não for possível trocá-los por versões que funcionem, o melhor é excluí-los para não arriscar uma penalidade no ranking do Google.

Cuide dos links que apontam para você

O trabalho oposto também pode ser considerado uma responsabilidade sua: garantir que os links de outros sites para o seu e-commerce não estejam quebrados. Afinal, é bastante positivo receber novas fontes de tráfego, e, para isso, é necessário garantir que eles sempre funcionem bem.

Felizmente, é possível contar com soluções automatizadas para realizar esse trabalho. Uma das plataformas que fazem isso é o Ahrefs, que também pode ajudar muito o seu site a otimizar seu conteúdo e alcançar posições melhores no Google.

Ao seguir esses passos, você contará com uma estratégia sólida focada em remediar casos de links quebrados no e-commerce. Apesar de parecer algo pequeno e inofensivo, isso pode ser determinante para causar muitas quedas nos seus números de vendas. Portanto, fique de olho nesse problema e crie o hábito de realizar checagens periódicas.

Gostou dessas informações? Então, aproveite para ficar por dentro de mais dicas curtindo a nossa página no Facebook!

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo