E-book intermediador

Não sabe o que é Burn Rate? Entenda seus impactos para a startup

Entenda como o monitoramento do Burn Rate pode ser crucial para o sucesso de uma startup!

Não sabe o que é Burn Rate? Entenda seus impactos para a startup

A busca pelo sucesso é a saga constante de qualquer negócio. Entretanto, para o caso das startups, essa ação tem uma conotação ainda mais importante, afinal antes de prosperar, o empreendimento precisa sobreviver e se consolidar. Mas, compreender a sua atual condição pode ser difícil sem os indicadores corretos. Assim, para começar, precisamos falar sobre o que é Burn Rate.

Mas, por que essa taxa é importante? Além de falar quando a sua empresa poderá ficar sem dinheiro, é uma métrica que muitos investidores utilizam para identificar se o empreendimento compensa o investimento. Para entender melhor sobre o assunto, basta acompanhar o texto!

Afinal, o que é Burn Rate e como calculá-lo?

Essa taxa é entendida como um indicador da sustentabilidade do seu negócio, ou seja, quanto tempo a empresa conseguirá manter as operações até que as vendas aumentem. O Burn Rate está diretamente relacionado com as startups, pois ele mensura a taxa com a qual sua empresa está “queimando” seu financiamento e capital.

Cada fase de desenvolvimento de um novo empreendimento tem um Burn Rate tido como aceitável, por isso é importante aprender como calculá-lo e fazer um monitoramento constante para evitar surpresas desagradáveis.

O cálculo desse indicador é bem simples, mas para realizá-lo você precisa responder duas perguntas: qual é o gasto com as operações mensais? Qual é a receita do mês?

Visto que a taxa é o valor perdido pela empresa, basta subtrair a receita do gasto das operações. Ou seja, se a sua empresa gasta 20 mil por mês, mas fatura apenas 10 mil, o Burn Rate é de 10 mil mensais.

Como o Burn Rate impacta às empresas?

Como a quantidade de riscos que um novo empreendimento precisa superar para obter o sucesso, os investidores procuram qualquer tipo de segurança na hora de investir o dinheiro.

Nesse contexto, está o primeiro impacto negativo do Burn Rate. Se a taxa for muito alta e as vendas estão estagnadas, os investidores não verão o negócio com bons olhos e você perderá chances de levantar mais capital.

Além disso, se o Burn Rate estiver muito alto, para controlar a taxa, a empresa precisará adotar certas medidas e, frequentemente, isso significa reduzir a equipe. E se você pretende transformar sua ideia criativa em um negócio rentável, deve saber como a falta de suporte e de uma equipe qualificada pode levar um negócio a falência.

Quais as três formas de reduzir o Burn Rate?

Agora que você já sabe os impactos negativos que o Burn Rate representa, precisamos entender como diminuir essa taxa e preparar sua empresa para o mercado competitivo. Continue a leitura e veja 3 formas!

1. Mantenha-se dentro de uma margem de contribuição segura

A ideia aqui é simples: para diminuir o Burn Rate, a empresa precisa lucrar. Ou seja, a companhia precisa estabelecer os preços dos produtos de uma forma que atenda às condições do mercado e que seja suficiente para pagar os gastos operacionais. Por isso, é necessário se manter dentro de uma margem de contribuição segura.

A dica aqui é encontrar o ponto de equilíbrio da sua operação financeira. Não adianta aumentar as vendas se a sua empresa não obter uma taxa de lucro sustentável.

2. Não gaste mais do que fatura

Aqui, precisamos nos perguntar novamente o que é Burn Rate. Como explicamos no início do texto, esse indicador pode ser entendido como uma mensuração do fluxo de caixa negativo. Ou seja, o valor dos gastos que superam a receita arrecadada. Dessa forma, é importante monitorar o seu fluxo de caixa e não gastar mais do que se fatura.

Para startups isso pode ser difícil na fase de desenvolvimento do negócio, afinal o investimento necessário é significativo e as vendas no começo não são expressivas. Entretanto, é preciso manter os gastos dentro de um limite razoável, de forma que a empresa comece a lucrar em um futuro próximo.

3. Busque sempre novas estratégias para aumentar as vendas

Por fim, uma estratégia que os gestores podem adotar para diminuir o Burn Rate é sempre implementar novas técnicas de venda. Estude os diversos canais que você pode vender o seu produto, planeje as estratégias de marketing junto ao seu time, estude o seu público-alvo e sempre escute o que seus clientes têm a dizer.

Ao controlar o Burn Rate, os benefícios podem ser diversos. Além de prezar pela manutenibilidade da saúde financeira da startup, os gestores terão condições de mostrar para os investidores que o negócio é rentável.

Outro benefício é que ao se controlar o gasto do capital, a empresa ganha mais tempo para amadurecer a ideia e endereçar problemas como, integração, baixas taxas de conversão, entre outros.

Neste texto entendemos melhor o que é Burn Rate e a importância de monitorar essa taxa. Com isso, ficará muito mais fácil idealizar um plano de ação para controlar o indicador e atrair cada vez mais investidores.

Se você ainda está avaliando qual área deseja empreender, conheça as melhores áreas para se abrir uma startup! O texto pode fornecer vários insights interessantes para novos negócios e como decidir a área de investimento.

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo
Sobre o autor
Evandro Zanatta
Evandro Zanatta Especialista no desenvolvimento e crescimento de startups e produtos. Acredita no uso de data-driven para elaborar as melhores estratégias, alcançar os melhores resultados e sempre seguir no caminho correto. Tendo atuado em grandes plataformas de e-commerce e atendimento, atualmente lidera o time de marketing da Yapay, plataforma de pagamento do grupo Locaweb.
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";"); for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";"); for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";"); for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";"); for(var d=0;d