Logo da Universidade Yapay com a coruja como símbolo Conheça a Universidade Yapay!

Bootstrapping: o que é e como planejar a empresa do zero?

Sem recursos externos, começando o empreendimento do zero — basicamente, esse é o conceito do bootstrapping, que, de fato, não é para todos.

Bootstrapping: o que é e como planejar a empresa do zero?

Para alguns, o bootstrapping é um conceito difícil de entender ao iniciar um negócio. Significa que você começa com poucos recursos e usa a engenhosidade para expandir o que tem. Também significa investir em seu próprio negócio sem obter dinheiro de fontes externas ou apenas obtendo o mínimo possível.

Descobrir como fazer o bootstrapping não é para todos, mesmo quando você tem uma ótima ideia para uma empresa iniciante. Se você puder criar um plano de negócios sólido baseado em bootstrapping e tiver energia e recursos para executá-lo, pode ser uma maneira inteligente de começar.

Neste artigo, nós explicamos como planejar a sua empresa do zero, de forma estratégica e eficiente. Confira!

O que é bootstrapping?

Bootstrapping é quando você inicia o seu negócio sem qualquer fonte externa de investimento, geralmente com um pequeno orçamento que você mesmo montou. É um conceito muito interessante e viável para startups.

Na verdade, o bootstrapping, embora seja uma estratégia desafiadora, tem vantagens distintas que você deve considerar ao iniciar a sua empresa do zero.

Por que essa estratégia é importante para os negócios?

O modo como você financia a sua empresa ajudará a determinar as suas chances de sucesso, a sua escala, as suas perspectivas de longo prazo e, por fim, o seu relacionamento com a sua empresa. Quando você adota o bootstrapping como estratégia, algumas prerrogativas vêm junto.

Propriedade do seu negócio

Como um empreendedor solo, bootstrapping significa que você pode continuar a possuir 100% do seu negócio. Mesmo com um ou dois cofundadores, a sua participação no patrimônio será muito maior do que se você passasse por várias rodadas de arrecadação de fundos e diluísse continuamente a sua propriedade.

Controle sobre a direção

Assim que você pega dinheiro de fora, assume a pressão e a responsabilidade externas de satisfazer aos interesses de outras pessoas, que podem ser muito diferentes da sua visão. Ou seja, a linha do tempo e os valores deles podem ser distintos dos seus.

Existem soluções, como direitos de supervoto, que podem dar a você mais controle ao levantar capital. Porém, se a direção artística e o controle sobre as decisões são uma prioridade, o bootstrapping é provavelmente o caminho a percorrer.

Quais cuidados devem ser tomados em um processo de bootstrapping?

Para lançar e fazer crescer uma startup a partir do bootstrapping, independentemente de seus recursos, alguns cuidados são essenciais. Veja, a seguir, alguns deles.

Parcerias estratégicas

O bootstrapping excessivo afeta negativamente o crescimento do empreendimento, no entanto, os resultados da redução de custos e o compartilhamento de recursos resultantes de alianças estratégicas minimizam significativamente a desvantagem do bootstrapping extremo e estendido.

Em startups em estágio inicial, talvez seja necessário haver um laboratório, um equipamento de fabricação, um software ou talvez apenas o transporte. Antes de culpar a sua incapacidade de execução pelo acesso a ferramentas de alto custo, verifique a sua rede.

Talvez você possa usar as instalações da sua escola, talvez possa pedir emprestado o que precisa de um amigo, ou, talvez, você possa entrar em contato com uma instituição e perguntar se poderia pedir emprestados os seus bens por uma taxa ou ajudando-os a realizarem outras tarefas.

Venda antecipada do produto

Empresas com fortes recursos de pré-vendas têm um desempenho acima da média. Com apenas um protótipo ou um argumento de venda de serviço, alcance os seus compradores em potencial e faça uma pré-venda de seu produto.

A pré-venda é uma estratégia de bootstrapping eficaz para empresas novas e estabelecidas. As vendas não apenas indicam o interesse das pessoas em seu próximo produto, mas também representam uma forma de financiar o seu desenvolvimento.

Personalização dos contratos

A pré-venda de um produto é uma forma de personalização de contrato. Dado que um dos maiores investimentos em uma startup é o desenvolvimento de produtos, buscar o comprometimento dos clientes antes de construir a solução é provavelmente a estratégia de minimização de risco mais eficaz para os novos produtos de uma startup.

A verdade é que, na maioria dos casos e, especialmente, em mercados competitivos, é mais fácil falar do que convencer os clientes a se comprometerem com um produto antes de seu lançamento. A melhor maneira de superar as objeções da pré-venda é personalizando o contrato de pré-venda para incluir um período de serviço durante o qual você resolve os problemas dos clientes fazendo coisas que podem não ser escaláveis por muito tempo à medida que realizam o trabalho.

Outras estratégias e regras eficazes de bootstrapping incluem, por exemplo, maximizar o capital humano, o que significa construir produtos em que você pode controlar a maioria das variáveis — encurtando o ciclo de desenvolvimento, construindo em resposta à demanda, criando um conselho consultivo do cliente, trabalhando com um mentor, focando o que vende, testando rapidamente e dobrando nas vitórias.

Essas regras e estratégias de bootstrapping são tudo de que você precisa para transformar a sua ideia de startup em um produto que as pessoas adoram.

Como fazer um bom planejamento para começar a empresa do zero?

Antes de tudo, desenvolva a sua estratégia. Pense bem, defina, compartilhe. Estratégia é foco. Concentre-se no que você faz realmente bem e nas pessoas que realmente se importam com o que você faz realmente bem.

Você não tem que escrever e editar completamente, apenas deixe-a direta. A partir daí, cuide dos fatores a seguir.

Previsão de vendas

Divida-a em componentes, como unidades, preço e custo. Não se preocupe em estar certo, mas pegue as chaves para que possa vê-las mais tarde. Veja onde, como e em que direção você errou, porque é isso que você usará mais tarde para gerenciar e orientar o seu negócio. Não é um teste. Não vai para o seu registro permanente. Isso ajuda você a gerenciar.

Orçamento de despesas

Um orçamento de despesas é muito parecido com a previsão de vendas, exceto que você o controla (mais ou menos) em vez de controlar os seus clientes. Você vai precisar disso. Isso leva ao gerenciamento de dinheiro.

Plano de caixa

Depois de obter uma previsão de vendas e um orçamento de despesas, você estará prestes a ter um plano de caixa. Você tem que adicionar a compra de ativos e o pagamento de passivos junto aos truques, como vendas a crédito, que vão para a previsão de vendas quando elas acontecem, mas vão para o fluxo de caixa quando o pagamento chega.

O plano de caixa é a parte mais importante dos números, mas não é possível fingir que você pode fazer isso e nada mais, porque você não pode fazê-lo sem uma previsão de vendas e um orçamento de despesas.

Recorrência de pagamento

Os modelos de negócios estão em constante fluxo, à medida que se adaptam para atender às necessidades dos clientes. Uma mudança significativa e relativamente recente foi a adoção generalizada do modelo de faturamento recorrente.

Dentro dessa abordagem, as transações financeiras são distribuídas ao longo de um cronograma estabelecido, em vez de os consumidores serem forçados a emitir o pagamento integral no momento da compra.

Independentemente do setor, empresas e consumidores se beneficiaram com a conveniência de um ciclo de faturamento consistente. Embora o modelo de faturamento recorrente ofereça muitos benefícios inerentes, a seguir, estão algumas das vantagens mais visíveis:

  • aumente o tamanho do seu mercado, oferecendo opções de pagamento flexíveis;
  • facilite a medição e a previsão de receita;
  • reduza a rotatividade de clientes, aumentando a retenção e facilitando o crescimento.

Tecnologia

O principal papel da tecnologia nos negócios é impulsionar o crescimento e melhorar as operações. Por isso, ao iniciar o seu negócio, esse é um fator crítico a ser avaliado. A Yapay, por exemplo, conta com uma solução completa para startups que estão iniciando. Por meio de APIs que se ajustam a cada negócio, você pode integrar o seu software, site ou app com facilidade a marketplaces, soluções de pagamento, compra e assinatura, independentemente da linguagem ou da plataforma.

Cada empreendimento é diferente, é claro. A única constante, entretanto, é que o sucesso depende da capacidade do empresário de executar com eficácia. Levando isso em consideração, o bootstrapping é uma forma poderosa, gratificante e inteligente de executar.

Preparado para decolar o seu negócio? Entre em contato com a Yapay e saiba como podemos ajudá-lo nessa jornada!

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo