E-book intermediador
Pagamento via aplicativo: Como é possível comprar por meio de um APP?

Pagamento via aplicativo: Como é possível comprar por meio de um APP?

Poucas são as pessoas que passam tanto tempo de olho no celular quanto os brasileiros. Pelo menos, é isso o que dizem os dados do Mobile Report Brasil, publicado pelo AdNews.

Segundo o levantamento, pelo menos 87% dos entrevistados dizem preferir acessar a internet pelo smartphone, enquanto 71% optam pelo aparelho até mesmo na hora de buscar notícias, empregos e viagens na web. Com isso, acabamos gastando cerca de 3 horas e 14 minutos por dia de olho nas telinhas.

No entanto, será que as empresas já estão sabendo como aproveitar tudo isso para vender por meio dos apps? Pelo visto, sim. Tanto que, de acordo com um relatório feito pela Worldpay, 78% dos brasileiros dizem que preferem comprar via aplicativo.

Mas como é feito esse pagamento via aplicativo? Quais são as principais maneiras de monetizar um app? Quer saber as respostas para essas perguntas? Então, vamos lá!

As principais maneiras de monetizar um aplicativo

Antes de qualquer coisa, é importante conhecer quais são as principais formas de monetizar um aplicativo. E o que não faltam hoje em dia são maneiras de se fazer isso.

Download via pagamento

Modelo de monetização mais tradicional, o download via pagamento é aquele em que o usuário paga para baixar o software por meio de uma loja de aplicativos.

Nele, você define o preço que será pago, podendo aplicar um local e até códigos promocionais.

Espaço para anúncios no app

Como o download pago costuma ser uma barreira de entrada para os usuários (principalmente no Brasil), muitos empreendedores acabam optando pelo espaço para anúncio no app para monetizar o seu projeto. No entanto, é preciso ter alguns pontos em mente antes de habilitar esse espaço no sistema:

  • o design do aplicativo precisa ser muito bem pensado para que a publicidade não interfira no uso do software;
  • é necessário também pensar na quantidade de banda de internet que será gasta para carregar a publicidade, uma vez que isso pode impactar na experiência do usuário;
  • quem planeja monetizar o app com espaço publicitário precisa tomar cuidado com qual tipo de anúncio será veiculado para que não surjam imagens ou marcas que não se alinhem com os valores da sua empresa.

Aplicativo com formato freemium

Muito bem explicado por Chris Anderson — autor da teoria da Cauda Longa — em seu livro/artigo Free: Grátis: o Futuro dos Preços, o modelo freemium é aquele em que o usuário tem a opção de baixar uma versão grátis do app sem algumas das funções (ou com algumas mudanças, como a inserção de publicidade) de uma versão paga.

Os ganhos para quem escolhe esse modelo de monetização é que, caso o usuário tenha realmente algum interesse em utilizar os serviços daquele app, ficaria mais fácil convencê-lo a fazer o download de uma versão completa e paga.

Assinatura

No modelo de assinatura, é possível liberar o uso do aplicativo apenas mediante mensalidade (como a Netflix), ou, assim como acontece com nomes conhecidos (como Spotify), oferecer ao usuário uma versão completa com o pagamento da assinatura e uma versão com anúncios e sem algumas funções, como a versão free.

Compras pelo aplicativo

Por fim, temos a monetização por meio de compras, que é quando o sistema oferece serviços e produtos que podem ser adquiridos pelo app.

No entanto, é preciso ir mais a fundo nessa opção para entender como ela funciona e pode ser utilizada pelo seu negócio.

Como, afinal, funciona o pagamento via aplicativo

De acordo com a Análise do E-commerce no Mundo, realizada no último trimestre de 2017 pela Criteo, pelo menos 48% das transações do varejo online no Brasil já são realizadas pelos dispositivos móveis, sendo que 40% delas vem diretamente de apps.

Ou seja: tem muita empresa investindo e lucrando com os modelos de pagamento via aplicativo. Mas como é que isso funciona?

O gateway de pagamento

Boa parte das compras realizadas em aplicativos funcionam por meio de um gateway de pagamento, que é o sistema responsável por fazer a ponte entre aquela compra do seu app e as instituições responsáveis pelo cartão de crédito, débito ou boleto.

Fluxo de pagamento

Com o gateway de pagamento, o fluxo de uma compra pelo app funcionaria da seguinte maneira: o usuário escolhe um determinado produto no app, coloca no carrinho e vai para o sistema de compra. Daqui para frente, é acionado o gateway, que pega os dados da pessoa — como número do cartão, por exemplo — e verifica com a instituição se existe um determinado saldo ou crédito em conta.

Essa resposta é enviada de volta ao app que, por sua vez, consolida ou não aquela venda.

Vantagens de se ter um gateway de pagamento no app

Ao utilizar um gateway de pagamento em seu app, é possível aproveitar diversas das vantagens que o sistema oferece. Por exemplo:

  • variados modelos de pagamento para o usuário: os gateway costumam oferecer alguns dos modelos de pagamento mais utilizados no mercado, como pagamento por crédito, boleto, débito e até compras parceladas. Por isso, ao optar por essa ferramenta, você tem a chance de atender melhor o seu público;
  • fácil implementação: ainda que a tela de compra do gateway de pagamento funcione dentro do app, todo o seu sistema de validação roda de maneira externa, facilitando (e muito) a sua implementação. Além disso, todo o design do gateway é feito para se encaixar perfeitamente no layout do app, não causando estranheza no usuário durante a navegação;
  • segurança para a empresa e para o usuário: além de fazer a ponte entre o seu app e as instituições financeiras, o gateway de pagamento é o responsável por fazer a validação dos dados do usuário e daquela compra por meio de sistemas antifraude.

Com um número cada vez maior de usuários buscando realizar as suas compras pelos aparelhos móveis, contar com um bom sistema de pagamento via aplicativo pode ser uma ótima saída para que você consiga monetizar e faturar com o seu projeto na web. Portanto, agora que você conhece essa ideia, que tal colocá-la em prática no seu negócio?

Acesse, agora mesmo, o nosso site e utilize o gateway de pagamento da Yapay!

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)