E-book intermediador
6 benefícios do pagamento automatizado para empreendedores

6 benefícios do pagamento automatizado para empreendedores

A automação de processos é uma grande tendência nas empresas atualmente. E não é por menos! Ao automatizar as mais diversas tarefas, as organizações são capazes de gerar mais resultados em menos tempo, economizando uma série de recursos e solucionando problemas com precisão. Pois é nesse contexto que o pagamento automatizado surge como uma alternativa cada vez mais adotada no universo empresarial.

Essa solução funciona a partir do uso de um intermediador de pagamentos, que é justamente a ferramenta capaz de integrar e automatizar as transações, trazendo muito mais tranquilidade para o negócio. Por meio do intermediador, é possível receber quitações a partir de diversas fontes e formas de pagamento sem dor de cabeça.

Quer entender melhor quais são os benefícios do pagamento automatizado para você, empreendedor? Então confira as vantagens que separamos a seguir!

1. Acompanhamento dos pagamentos

Com o uso de um intermediador de pagamentos, é possível acompanhar todas as transações que acontecem em nome da empresa. Isso porque o sistema registra um histórico que inclui dados dos clientes, formas de pagamento escolhidas, datas das compras e status das operações.

Dessa forma, o empreendedor passa a ter muito mais facilidade para acompanhar os pagamentos e saber exatamente o que está acontecendo com as vendas. É possível verificar o faturamento de determinado período, pesquisar por pagamentos realizados no passado e assim por diante.

Nesse cenário, se por um acaso houver um pagamento pendente ou um pedido de reembolso, o empreendedor ou o profissional responsável pode verificar rapidamente o que aconteceu. O contato do cliente estará disponível para esclarecer qualquer dúvida, contribuindo para garantir a conclusão da transação e o recebimento dos valores correspondentes.

2. Padronização dos processos

Todo empreendedor sabe que a padronização de processos traz inúmeros benefícios, desde a otimização do tempo e dos custos até a redução de erros e retrabalhos. Por essas e outras, é mais que natural que a maioria dos empresários queira implementar essa padronização nas atividades de suas empresas, treinando funcionários e gerando hábitos para cada tipo de tarefa.

O detalhe é que, ao realizar tudo de forma manual, nem sempre é fácil padronizar processos. Afinal, cada pessoa realiza uma atividade do seu próprio jeito, uma vez que diferentes colaboradores possuem características, preferências e habilidades distintas. Por isso, a melhor forma de alcançar a padronização é por meio da tecnologia.

Pense bem: com o pagamento automatizado, o empreendedor não precisa fazer nenhum esforço para garantir que tudo será feito sempre da mesma maneira. Afinal de contas, as transações são processadas pela própria plataforma, sempre de forma computadorizada, seguindo o mesmo fluxo.

3. Otimização operacional

A partir da padronização sobre a qual acabamos de falar, fica muito mais fácil automatizar e otimizar todos os processos operacionais da empresa — e não apenas os pagamentos. Quando um colaborador se depara com procedimentos claros, ele naturalmente adota essa forma otimizada de trabalhar. Assim, esforços são reduzidos, sobrando mais tempo livre para focar em atividades estratégicas, que realmente trarão resultados concretos.

Vale ressaltar que a implementação do pagamento automatizado é bastante simples do ponto de vista tecnológico. Não existe nenhuma necessidade de, por exemplo, montar um setor de Tecnologia da Informação na empresa ou de contar com colaboradores para cuidar especificamente do assunto. Com um manuseio intuitivo, a solução também otimiza o tempo de aprendizado e treinamento dos profissionais.

4. Redução de custos

Um dos principais benefícios que as organizações percebem ao adotar o pagamento automatizado é a redução de custos. Independentemente do tamanho da empresa, sabemos que o processamento dos pagamentos, quando feito de forma manual, toma muito tempo dos colaboradores. É preciso, assim, direcionar funcionários especialmente para essa tarefa, gerando diversos custos com infraestrutura e pessoal.

Com a implementação de um sistema de intermediação, até mesmo uma empresa que está iniciando (e, por isso, ainda não possui uma grande equipe) consegue cuidar das finanças com facilidade, recebendo pagamentos de seus clientes sem precisar fazer grandes investimentos. Essa é uma grande oportunidade para garantir a operação do negócio sem prejudicar sua saúde financeira.

5. Diminuição de erros

Todo trabalho humano está sujeito a falhas. É isso mesmo: por mais treinados e concentrados que os funcionários sejam, nada garante que a empresa estará livre de erros. É preciso prestar atenção redobrada quando o assunto é pagamento, uma vez que qualquer equívoco nesse setor pode custar muito caro para a empresa.

Já pensou que um simples erro ao processar um pedido pode gerar não apenas prejuízo financeiro como também desgaste na equipe e insatisfação do consumidor? Lembre-se de que, quando a falha na transação é cometida pela própria empresa que vende o produto ou serviço, o cliente pode se sentir lesado caso algo precise ser corrigido.

A maneira mais óbvia de solucionar esse tipo de problema é, mais uma vez, com a ajuda da tecnologia. Com o pagamento automatizado, a incidência de erros é praticamente nula. Isso acontece porque todas as movimentações são padronizadas, como mencionamos anteriormente. Assim, a situação de uma empresa que usa um intermediador é bem diferente da atuação de outra que se baseia em planilhas isoladas no computador, por exemplo.

6. Contenção da inadimplência

Por si só, vender já é um desafio e tanto. Agora imagine quando atrasos ou ausências nas quitações se tornam um obstáculo. Aí, aumentar o faturamento passa a ser ainda mais complexo. Nesse cenário, um dos fatores de maior peso para adotar o pagamento automatizado é a redução da inadimplência.

Ao usar uma plataforma automatizada, você pode enviar faturas ou notificações de forma automática aos clientes. É possível avisar, por exemplo, quando a validade do pagamento está chegando, dando à pessoa a chance de se organizar melhor e ganhar mais tempo para saldar a conta em questão, além de se policiar em relação à responsabilidade que precisa ser cumprida.

Parte desse trabalho de redução da inadimplência se dá por meio da gestão dos boletos. Os envios das pendências a serem pagas se tornam muito mais rápidos, sem falar no fato de que há mais maneiras de emitir e enviar os documentos. Com poucos cliques, o empreendedor consegue fazer com que o título ou a cobrança chegue ao cliente. Somado a isso, também é possível programar emissões e mandar lembretes de pagamento via e-mail, diminuindo as chances do não recebimento por uma venda.

Viu como só neste texto já mostramos 6 excelentes vantagens que o pagamento automatizado proporciona? E acredite: as recompensas por apostar na automação das cobranças não param por aí! Quem já experimentou esse tipo de solução sabe que a empresa só tem a ganhar tanto em custos como em qualidade. Então o que ainda está esperando?

Agora comente aqui e nos conte se gostou de conhecer os benefícios do pagamento automatizado! Já teve alguma experiência nesse sentido? Participe e enriqueça nosso post!

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)