E-book intermediador

Planos recorrentes: o que preciso saber para oferecer tipo de serviço?

Planos recorrentes: o que preciso saber para oferecer tipo de serviço?

Um mundo digitalizado exige que o mercado acompanhe sua evolução. Ao trabalhar com vendas online, todas as formas de pagamento devem ser pensadas em prol de facilitar a vida dos usuários, ao mesmo tempo, em que oferecem segurança.

Cobranças por boleto, cartões de crédito e planos recorrentes são alguns dos exemplos entre todas as opções. É importante que as empresas fiquem atentas às necessidades dos consumidores e aos objetivos organizacionais, para que decida o melhor meio de cobrar seus fregueses.

Acompanhe a leitura e entenda um pouco mais sobre a recorrência!

O que são planos recorrentes?

Pagamentos realizados de forma recorrente são aqueles acordados entre o cliente e o estabelecimento para serem descontados sem que precise existir solicitação constante.

O processo é contínuo e tem frequência certa, que pode ser mensal, bimestral, semestral, etc. Spotify e planos de saúde são bons exemplos para esse método.

Ele diverge do parcelamento pelo motivo de este indicar apenas compra única, mas que teve o valor dividido em várias vezes.

CONTEÚDOS RECOMENDADOS
👉 Como o modelo de economia recorrente vem transformando o mercado?
👉 Como transformar hábitos em receita recorrente?
👉 7 vantagens do modelo de pagamento recorrente para o consumidor

Como eles funcionam?

O consumidor tem acesso aos serviços oferecidos de acordo com a periodicidade do plano contratado. Este pode, ainda, ser cancelado a qualquer momento. Com relação a como o valor é descontado, depende da opção escolhida: boleto, débito automático ou cartão de crédito.

Então, por exemplo, para um serviço de streaming, o pagamento costuma ser mensal. Se o cliente escolher usar o cartão de crédito, todo mês o valor vem descontado na fatura.

Quais suas vantagens?

Existem muitos benefícios para ambos os lados. Alguns deles são os seguintes.

Reduz a inadimplência

É comum, em outras formas de pagamento não-automáticas, que clientes se esqueçam de pagar as prestações. Isso costuma impactar negativamente os resultados da empresa, principalmente na área financeira.

Auxilia no controle das finanças

Planos recorrentes garantem mais estabilidade nas finanças do estabelecimento. Esse fator ajuda a ter uma ideia dos valores que entrarão, para construir um planejamento mais condizente com a realidade.

Retém mais clientes

Outra consequência para o empreendimento é a diminuição da taxa churn. Como o desconto é automatizado, a probabilidade de clientes cancelarem a conta e desistirem do serviço é menor. É importante se lembrar de que é muito mais barato para a empresa fidelizar clientes atuais do que atrair novos.

Comodidade no pagamento

Para o lado do consumidor, isso também é vantajoso, pois, é uma preocupação a menos com relação a se lembrar de pagar a fatura com certa frequência. Também alivia pelo fato de ele não precisar sair de casa para fazer a quitação.

Valores acessíveis

Entidades que oferecem a forma de pagamento recorrente tendem a proporcionar preços mais acessíveis aos clientes, não comprometendo o limite do cartão de crédito. É, inclusive, uma oportunidade de eles enxergarem valor agregado ao produto oferecido, aumentando a satisfação com a marca.

Apesar de os planos recorrentes apresentarem grandes vantagens, é essencial buscar por empresas que ofereçam soluções de pagamento adequadas ao perfil do negócio.

Se interessou pelo serviço? Entre em contato conosco e conheça as facilidades que podemos oferecer para alavancar seu empreendimento!

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo
Sobre o autor
Evandro Zanatta
Evandro Zanatta Especialista no desenvolvimento e crescimento de startups e produtos. Acredita no uso de data-driven para elaborar as melhores estratégias, alcançar os melhores resultados e sempre seguir no caminho correto. Tendo atuado em grandes plataformas de e-commerce e atendimento, atualmente lidera o time de marketing da Yapay, plataforma de pagamento do grupo Locaweb.