Quais as diferenças entre loja virtual e marketplace? Entenda de uma vez por todas

Entender quais são as principais diferenças entre loja virtual e marketplace vai esclarecer o que é o ideal para seu negócio. Descubra agora nesse artigo!

Quais as diferenças entre loja virtual e marketplace? Entenda de uma vez por todas

Sabendo que cerca de 65% dos consumidores brasileiros fazem compras regulares pela internet, você com certeza está de olho nesse mercado promissor. No entanto, uma dúvida de novos empreendedores digitais é sobre loja virtual e marketplace.

Para ajudar a esclarecer como cada modelo de negócio funciona, pontuamos as principais diferenças entres eles.

Quer descobrir quais são e qual opção é ideal para seus objetivos? Então continue a leitura.

Entenda o que é loja virtual e marketplace

Com os diversos modelos de negócios que foram surgindo para a web, muita gente passou a considerar loja virtual e marketplace como a mesma coisa, mas trata-se de diferentes modelos de comércio online.

A loja virtual tem como principal característica a independência e autonomia total da gestão. Ou seja, quem gerencia a loja é responsável por questões como controle de estoque, reposição, vendas, divulgação, formas de pagamento, etc. Outro fator atrelado à loja virtual é a necessidade de garantir uma plataforma para que ela possa operar.

Já o marketplace costuma ser associado a um shopping center. Essa analogia é feita porque ele é uma plataforma gigante que recebe diversas lojas, inclusive de diferentes segmentos.

Seguindo essa ideia, donos de lojas garantem um espaço no marketplace, pagando taxas para usufruir daquele espaço e de benefícios como organização, segurança e divulgação.

Conheça as principais diferenças entre esses modelos de negócio

Agora que você já entendeu como funciona cada uma dessas opções para quem quer vender na internet, queremos mostrar quais são as principais diferenças entre elas.

Investimento inicial

Essa é uma das grandes distinções entre loja virtual e marketplace. Afinal, o investimento para começar um e-commerce próprio é semelhante ao de montar uma loja física.

É preciso comprar estoque e garantir um local para guardar produtos, investir em uma boa plataforma, gastar com marketing para divulgar a loja e resolver burocracias relacionadas a formas de pagamento e legalização.

Já com um marketplace, você já tem esse pacote praticamente pronto e apto para uso. Você se cadastra e ganha acesso ao espaço de gestão do seu marketplace, bastando inserir os produtos e esperar as vendas começarem.

Custo de manutenção

Se, para começar, o marketplace permite que você saia na frente, ao tratarmos de custos de manutenção, o cenário muda um pouco.

Você vai precisar pagar, além de uma mensalidade, taxas fixas ou variáveis para cada venda que for realizada. Os valores diferem dependendo do marketplace ao qual você vai se associar.

Visibilidade

No quesito visibilidade, o marketplace é interessante, já que “empresta” a sua loja o nome dele. Imagine ter sua loja filiada a grandes empresas como Submarino, Magazine Luiza e Lojas Americanas, por exemplo. Pois é, essas e outras oferecem espaços para lojistas.

Para garantir visibilidade em uma loja virtual própria, você precisa investir bastante em marketing e ferramentas de divulgação.

Competitividade

Assim como em um shopping center, você terá concorrentes aparecendo lado a lado com você em um marketplace. Isso pode te levar à necessidade de vender mais barato para garantir conversões. Na loja online, de acordo com o nível da sua divulgação e da qualidade de seus produtos, é possível ganhar confiança dos consumidores e garantir a fidelização de um público.

Crescimento da marca

É claro que sua marca pode crescer em qualquer um dos dois ambientes, mas as chances acabam sendo maiores com uma loja virtual por conta de sua independência. Em um marketplace, é possível que o seu empreendimento sempre seja ofuscado pela loja principal, sem que os consumidores criem uma relação de fidelidade com sua empresa.

Saiba como escolher entre loja virtual e marketplace

Para escolher entre uma loja virtual e marketplace, você precisa levar em consideração o tamanho do seu negócio, se ele já tem um nome forte como loja física, a quantidade de produtos que você quer vender, sua concorrência e o valor que você tem disponível para investimento.

Por isso, um outro tema que você precisa estudar para decidir entre loja virtual e marketplace é em relação à gestão financeira do seu negócio. Separamos um artigo especial sobre a gestão financeira de loja online que vai te ajudar. Não deixe de ler!

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo