E-book intermediador

Integração Magento: as 5 melhores ferramentas para incorporar

Integração Magento: as 5 melhores ferramentas para incorporar

Um dos maiores desafios do lojista virtual é escolher sua plataforma de e-commerce. E é justamente aí que entram as possibilidades de integração Magento, fatores determinantes para o sucesso do negócio.

Relembrando: Magento é uma plataforma de e-commerce open source que tem se destacado bastante por permitir integrações com diferentes ferramentas e plugins, recursos que facilitam a gestão da loja virtual, além de aumentarem a segurança e a produtividade do lojista. Ao explorar esses recursos, o e-commerce otimiza a experiência do consumidor em diferentes etapas da compra, conseguindo se destacar da concorrência.

Até aí tudo bem. Mas, na prática, que opções de integração Magento você deve usar no seu e-commerce? Com uma série de opções disponíveis, o lojista deve avaliar quais são realmente necessárias, considerando o segmento de atuação e o público-alvo do negócio. Para ajudá-lo nesse processo, separamos aqui algumas possibilidades. Confira!

1. Google Analytics

Desde sua versão 1.9, a Magento disponibiliza o Analytics de forma nativa. Isso garante uma integração mais completa, estável e de confiança para o lojista. E é simplesmente impossível negar: hoje em dia, é muito difícil falar em resultados no e-commerce sem considerar o Analytics como a principal ferramenta de acompanhamento de métricas e desempenho.

Ao integrar a ferramenta à loja virtual, o levantamento de informações é bastante facilitado. Número de acessos, conversões, taxa de fechamento, índice de abandono de carrinho e páginas mais acessadas: mensurando esse tipo de dado com eficácia e praticidade, o lojista melhorar o desempenho do negócio. O principal benefício está na capacidade de identificar aspectos a serem otimizados e práticas que geraram bons resultados.

No dia a dia do lojista, contar com uma ferramenta que faça toda a mensuração do tráfego no site e acompanhe passo a passo o processo de compra do consumidor permite que decisões estratégicas sejam tomadas com embasamento, demandando menos tempo dos profissionais.

Vale destacar que, por se tratar de uma ferramenta mais que consolidada, o Google Analytics é bastante intuitivo. Isso facilita bastante o gerenciamento da loja virtual e a possibilidade de se explorar novos recursos com o objetivo de melhorar o desempenho geral do e-commerce.

2. Google Shopping

A plataforma Magento ainda disponibiliza integração com plugins que facilitam o gerenciamento do Google Shopping — como o Google Shopping Feed e sua versão mais completa, o Google Shopping Feed Generator. Estamos falando daqueles resultados de ofertas com imagens exibidos na parte superior do Google ao realizar pesquisas de produto. Por se tratar de uma vitrine única, esse recurso é bastante indicado para lojas virtuais.

Nesse caso, apesar de muito vantajosa, a integração pode ser trabalhosa. Afinal, é preciso exportar manualmente cada produto da loja virtual para a conta do Google Shopping, que é administrada pelo Google AdWords. Mas a realidade é outra para lojistas que usam Magento, sabia? Pode acreditar: o uso dos plugins facilita bastante a migração.

Com o Google Shopping Feed, é possível exportar automaticamente os produtos da loja, além de programar quais itens serão exportados e exibidos no Google Shopping. Com essa ferramenta, ainda se ganha mais visibilidade online, destacando a loja em relação à concorrência. Com uma vitrine mais atraente, as vendas também aumentam.

No cotidiano do negócio, o uso do plugin facilita significativamente a gestão do e-commerce, permitindo que o lojista disponha desse canal de vendas sem ter todo o trabalho manual de exportação.

3. Sistema ERP

Uma ferramenta de Enterprise Resource Planning (ERP) é indicada para absolutamente qualquer e-commerce que queira se profissionalizar, tornando-se mais competitivo. O detalhe é que a integração com a plataforma da loja é fundamental. O ERP ajuda na gestão e na organização do negócio ao unir em uma única interface processos de todos os setores da loja virtual — como compras, vendas, relacionamento e até logística.

Graças à integração Magento, esse tipo de funcionalidade está disponível na plataforma, permitindo que o lojista usufrua de seus benefícios. Entre as inúmeras vantagens proporcionadas por essa integração destacam-se:

  • melhor desempenho em processos;
  • organização financeira e logística do negócio;
  • automatização de tarefas;
  • redução de custos operacionais;
  • maior confiança nos dados.

Como resultado, tem-se uma loja virtual bem mais segura e profissional. O próprio lojista também sai ganhando no quesito produtividade, uma vez que deixa de realizar alguns processos manualmente. Assim, ele pode se concentrar na área estratégica do negócio, aumentando sua lucratividade.

4. Daily Deals

Quando o assunto é venda pela internet, um aspecto é central: é preciso criar um senso de urgência nas ofertas, o que influencia o comportamento de compra. Fazendo com que o consumidor tema perder uma boa oportunidade, seu processo de decisão fica mais rápido. A chave está, assim, no imediatismo da oferta.

Está aí se perguntando o que isso tem a ver com a ferramenta Magento Daily Deals? Pois a resposta é simples: tudo! O recurso é usado para criar um cronômetro interativo que usa esse gatilho mental de urgência para motivar a compra. O cronômetro pode ser personalizado de acordo com as necessidades do lojista, customizando tempo da oferta, localização na página e layout.

5. Intermediador de pagamentos

Nossa última dica do dia de integração Magento é também uma das mais importantes: o intermediador de pagamentos. Essa escolha é determinante para o sucesso das vendas do e-commerce por afetar a segurança das transações, a confiança do consumidor, a agilidade da operação e o sistema antifraude, entre outros aspectos.

Trata-se de uma empresa especializada que se responsabiliza pela cobrança e, posteriormente, transfere o valor para o lojista — já com os devidos descontos de operacionalização do serviço. Esse tipo de integração proporciona mais segurança para o e-commerce e seus clientes, afetando ainda a experiência de compra.

Entre os principais benefícios de um intermediador de pagamento de qualidade estão:

Como você pôde ver, as possibilidades de integração Magento nada mais são que formas de tornar a loja virtual mais competitiva por meio de recursos que aumentam a segurança do lojista ao mesmo tempo em que melhoram a experiência dos clientes.

Por fim, se quer saber mais sobre meios de pagamento para e-commerce, aproveite para conferir 7 cuidados necessários ao implementar um meio de pagamento online!

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo