Logo da Universidade Yapay com a coruja como símbolo Conheça a Universidade Yapay!

Entenda o que é markup e aprenda como calcular de maneira fácil

Definir preços pode ser uma tarefa difícil, mas o cálculo markup pode lhe ajudar nessa missão. Descubra como!

Entenda o que é markup e aprenda como calcular de maneira fácil

Se há um problema enfrentado pelas pessoas que trabalham com vendas, é o de descobrir o preço ideal para um produto ou serviço. Seja operando online ou offline, as empresas se deparam com essa questão e nem sempre sabem como fazer o cálculo para não sair no prejuízo nem abusar dos consumidores.

Temos, é claro, aquele método clássico de cobrar mais do que a soma dos custos e das despesas, e obter algum lucro sobre a venda. Outra opção é de ficar de olho no preço dos concorrentes para não cobrar muito abaixo ou acima do que a média do mercado. Portanto, vemos que as técnicas variam e não é possível apontá-las como certas ou erradas.

Apesar de não haver um método padrão, é importante você saber que existe uma opção mais avançada e detalhada, que permite fazer um cálculo mais justo para o seu trabalho, conhecida como markup.

Para saber mais sobre como calcular o markup, continue lendo o nosso post!

O que é markup?

O cálculo markup é um método avançado para quem quer encontrar o preço de venda ideal para um produto ou serviço. Ele é considerado um dos mais eficientes porque se trata de um índice multiplicador, aplicado sobre os custos de um produto, incluindo desde a compra de matérias-primas até gastos com energia elétrica, aluguel de espaço ou contratação de pessoal.

Por meio do markup, você tem conhecimento detalhado sobre os custos de fabricação da sua mercadoria e multiplica sobre isso a margem de lucro que pretende obter.

Para um produto com custo de R$ 5, por exemplo, é possível estabelecer um lucro de 50% e cobrar R$ 7,50. Dessa forma, você garante que não vai sair no prejuízo, já que vai ter um retorno acima das despesas de produção.

Vale ressaltar que muitas pessoas podem achar que o markup corresponde à margem de lucro, mas essa informação está errada — apesar de os dois estarem relacionados.

Considerando que o cálculo é, na verdade, uma ferramenta utilizada para descobrir o preço de venda ideal, ele serve como um caminho para que a empresa atinja a margem de lucro desejada.

Qual é a importância do markup para a sua empresa?

Por trás de um preço, estão muitos fatores que não ficam explícitos, já que eles nem sempre têm relação direta com a produção da mercadoria. Além de gastos com material e com maquinário, que são mais fáceis de relacionar com o processo, existem ainda despesas com mão de obra, divulgação e aluguel de espaço, entre outras.

Ao utilizar o markup, todas essas variáveis são consideradas. Assim, você tem como estabelecer um preço com mais certeza de que não vai sair no prejuízo, além de ter total controle sobre a sua margem de lucro — que pode variar ao longo do tempo —, garantindo que não vai cobrar preços abusivos para seus clientes.

Nesse sentido, você ainda tem condições, por exemplo, de estipular o máximo de desconto que pode oferecer durante uma promoção para não ficar no vermelho.

Em termos práticos, se a produção de um item custa R$ 10 e você vendê-lo por R$ 20, o markup indica que pode oferecer um desconto máximo de 50%.

Quais são os dados necessários para fazer o cálculo?

Antes de começar o cálculo, você deve ter em mãos algumas informações referentes ao seu negócio, como as despesas recorrentes e os custos fixos e variáveis, além da compra de materiais. Adicione a isso os gastos com a fabricação do item vendido e a comissão dos vendedores, se houver.

Para facilitar a sua visualização, mostramos uma lista desses itens a seguir:

  • despesas fixas;
  • aluguel;
  • energia;
  • água;
  • encargos;
  • telefone;
  • internet;
  • custos variáveis da venda;
  • ICMS;
  • PIS;
  • COFINS;
  • Contribuição Social (SC);
  • Imposto de Renda (IR);
  • comissões.

Como encontrar as informações para o cálculo?

Depois de conhecer as despesas básicas da sua empresa, é necessário ter algumas informações consolidadas para calcular o markup de cada produto. A seguir, detalhamos quais são esses dados. Confira!

Despesa Fixa Unitária (DFU)

Para obter a DFU, é preciso encontrar a DFE (Despesa Fixa da Empresa) e dividir pelo número médio de vendas. Além disso, um detalhe importante é que o número de vendas a ser considerado deve incluir todos os itens vendidos. Assim, temos:

  • DFU = DFE ÷ média de vendas

Custo Fixo Unitário (CFU) e Custo Total Unitário (CTU)

É importante que você saiba que, para calcular o markup, devem ser considerados apenas os custos unitários. Sendo assim, nos casos em que a aquisição do produto é feita em lotes, o custo deve ser dividido pelo número de itens. Portanto:

  • CFU = custo do lote ÷ número de itens no lote

Mas, atenção: o CFU é o valor do custo de um único item. Ao somá-lo com a DFU (Despesa Fixa Unitária), encontra-se o CTU, que é o mesmo que o PC (Preço de Custo), o qual veremos em breve.

A fórmula, portanto, fica:

  • CTU ÷ PV = CFU + DFU

Custo sobre Vendas (CSV)

O CSV é a soma de todos os custos e despesas variáveis, como os impostos, a taxa de comissão (caso exista) e, é claro, a margem de lucro que você espera obter.

Preço de Venda (PV)

O PV ou PVU (Preço de Venda Unitário) é calculado a partir da seguinte fórmula:

  • PV = CTU ÷ (1 – CSV)

Preço de Custo

O PC é o mesmo que o CTU.

Como calcular o markup?

Ao calcular o markup, existem 3 resultados que podem ser obtidos: o índice, o percentual e, claro, o multiplicador. A seguir, explicaremos como obter cada um desses valores, que dependem das variáveis e dos cálculos que já apresentamos acima.

Índice Markup (MKI)

O índice Markup pode ser obtido com a seguinte fórmula:

  • MKI = (PV PC) ÷ PC

Markup Percentual (MKP)

Para obter o Markup Percentual, apenas multiplique o Índice Markup por 100. Sendo assim, temos que:

MKP = MKI x 100

Markup Multiplicador (MKM)

O Markup Multiplicador é o markup em si — e é com ele que você facilita o cálculo para formação de preço. Para obtê-lo, apenas some 1 ao MKI.

MKM = 1 + MKI

Como cortar caminho com o markup?

Agora que você possui o markup em mãos, não é mais necessário ficar calculando os custos sobre a venda a cada novo produto. Basta multiplicar o CTU pelo MKM. Veja:

PVU = CTU x MKM

Extra: Lucro Bruto (LB)

Para saber o seu lucro bruto, pegue o PVU e subtraia dele o CTU. Assim:

LB = PVU – CTU

Super extra

Se você já entendeu todos os conceitos sobre markup, mas não quer fazer todas essas contas na mão, baixe a nossa tabela. Com ela, fica ainda mais rápido precificar seus produtos usando o cálculo.

Baixar planilha Markup

Como você pode ver, o cálculo markup não é um bicho de sete cabeças e pode ser a ferramenta que faltava para garantir sua margem de lucro e preços satisfatórios para os seus consumidores.

Agora que você já descobriu todos os detalhes de como calcular o markup, que tal compartilhar nosso post com os seus amigos nas redes sociais? Muitos deles podem estar precisando dessa ajudinha para alavancar os negócios!

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo