E-book intermediador
Conversão em vendas: 7 erros que podem prejudicar os resultados

Conversão em vendas: 7 erros que podem prejudicar os resultados

Um dos maiores desafios de qualquer e-commerce é atrair potenciais clientes até o site, certo? Mas e depois, quando os usuários já estão interessados nos seus produtos? Aí é hora de garantir que a conversão em vendas aconteça. Caso contrário, todo o esforço feito para gerar tráfego jamais será transformado em dinheiro no caixa.

Infelizmente, muitos donos de lojas virtuais ainda veem receita escorrer pelo ralo por não conseguirem transformar visitantes em consumidores. Pensando nisso, resolvemos produzir este post para ajudá-lo a evitar os principais erros responsáveis pela perda de conversões em vendas, prejudicando os resultados do negócio.

Ficou curioso para saber onde você pode estar falhando? Quer corrigir os erros e ver suas vendas dispararem? Então você está no lugar certo. Continue lendo!

1. Oferecer uma taxa de frete muito alta

Os gestores de e-commerce nem sempre se dão conta, mas o custo do frete é um ponto que assusta bastante os clientes. Ao comprarem online, diversas pessoas simplesmente abandonam o carrinho após o cálculo do preço da entrega, que pode ser alto demais.

Antes de mais nada, é importante observar que, ao pesquisar por preços de produtos na internet, o valor do frete raramente está incluso. Às vezes, depois de olhar vários itens, o cliente se empolga e esquece que a entrega também deve ser paga. O resultado? Na hora de fechar a conta, o usuário leva um susto ao se deparar com esse adicional.

O ideal é trabalhar com uma taxa de frete mais acessível. Para isso, você pode testar diferentes fornecedores até encontrar um com bom custo-benefício. Além disso, é válido comunicar claramente aos clientes sobre a necessidade de pagar a entrega desde o começo da interação com a loja. Assim você evita surpreendê-los na etapa final.

2. Negligenciar a segmentação do público

Por mais que você tenha um nicho de mercado definido e um posicionamento claro, isso não significa que todos os clientes da sua loja virtual são iguais. Ao ignorar a segmentação do público, você deixa de oferecer às pessoas exatamente o que elas precisam e, como consequência, acaba prejudicando sua conversão em vendas.

Por mais que, a princípio, o assunto possa parecer complicado, a segmentação definitivamente não é nenhum bicho de sete cabeças. Você pode segmentar seu público de acordo com determinadas características, como idade, gênero, poder aquisitivo, região, tipo de produto procurado, preferências e assim por diante. Tudo vai depender do tipo de mercado em que você se encontra.

Na prática, a segmentação começa aplicando várias seções ao seu site — você pode dividi-las por tipo de cliente ou de produto. Depois, essa separação continua na comunicação. Isso vale tanto para as redes sociais, direcionando anúncios para públicos específicos, como para newsletters e promoções via e-mail.

3. Deixar de cumprir prazos de entrega

O não cumprimento do prazo de entrega é outro erro que, indiretamente, faz as conversões em vendas caírem. Isso porque o tempo de recebimento do produto é um dos fatores mais importantes para a satisfação dos consumidores virtuais. Toda vez que esse prazo é desrespeitado, o cliente fica insatisfeito, desistindo de comprar novamente da sua marca.

O primeiro passo para reverter esse ponto é rever as possibilidades da entrega em si, buscando novas transportadoras. Mas não é só isso. Outra parte importante do trabalho está na comunicação, que deve ser clara e transparente. Afinal, não adianta prometer uma entrega em 3 dias se o produto levará 7 dias para chegar.

Na dúvida, jogue o prazo de entrega sempre para mais. Pense bem: é melhor que o comprador se surpreenda positivamente, com um produto chegando antes do esperado, do que o contrário.

4. Ter um e-commerce lento

No universo do e-commerce, a experiência do usuário é tudo. E a velocidade de carregamento das páginas está diretamente ligada a esse assunto, viu? Pode ter certeza: um site lento é capaz de espantar inúmeros consumidores que estariam dispostos a fechar compras com você.

Atualmente, a maior parte do tráfego da internet vem dos dispositivos móveis. Agora imagine: se já é irritante navegar em um site lento pelo computador, no smartphone ou no tablet é ainda pior! Até porque, muitas vezes, a pessoa estará pagando para usar a internet por meio do seu pacote de dados 3G ou 4G. É preciso pensar no usuário.

Portanto, se seu site está com um carregamento lento, eleja como prioridade máxima resolver bugs e torná-lo mais veloz. Conte com um webmaster especialista no assunto para ajudar. Talvez você precise até mesmo rever o layout. Mas não veja isso como algo ruim, ok? Essa é uma ótima chance de melhorar a experiência do usuário e, com isso, elevar sua conversão em vendas.

5. Fazer uma gestão de estoque ineficiente

Tanto para o cliente quanto para o lojista, uma das piores coisas que podem acontecer é o usuário entrar no seu site, navegar por várias páginas, escolher produtos e, depois de tudo isso, descobrir que o item não está disponível no estoque.

Sejamos sinceros: quando um produto está em falta, raramente é porque centenas de vendas aconteceram em um único dia. Na maior parte dos casos, trata-se de um erro na gestão de estoque, que não soube calcular e prever a demanda por aquela mercadoria.

Para não cometer essa falha, o ideal é contar com um sistema de gestão empresarial que inclua o estoque. Como alternativa, desde que o volume de mercadorias e transações não seja tão grande, você pode usar planilhas para planejar as compras, integrando-as sempre com os números das vendas.

6. Pular a etapa do planejamento

Enquanto os outros erros citados anteriormente são bastante práticos e objetivos, a falta de planejamento é uma questão bem mais abrangente que, mesmo indiretamente, pode prejudicar demais a conversão em vendas.

Quando um e-commerce não se planeja em relação a todas as suas áreas e seus departamentos, falta clareza estratégica e operacional. Assim, já que a equipe não tem acesso a metas e objetivos explicitamente traçados, tanto as tomadas de decisão como as operações do dia a dia ficam comprometidas.

Para não cometer esse erro, reserve determinados períodos para analisar o trabalho que está sendo feito, estabelecer prioridades e encontrar formas de alcançar o que ficou combinado. Esse cuidado fará com que as ações necessárias para atrair e converter clientes sejam feitas de forma efetiva.

7. Não transmitir segurança aos clientes

Grande parte das vendas perdidas em e-commerces se deve a uma percepção de insegurança dos clientes. É preciso lembrar sempre que, em relação às compras online, muitas pessoas ainda têm medo de ter seus dados roubados. E isso acontece, em diversos casos, pelo fato de a empresa trabalhar com uma forma de pagamento insegura.

Por isso, um dos pontos mais básicos para todo dono de loja virtual é escolher um gateway ou intermediador de pagamentos confiável, capaz de garantir a integridade das informações dos usuários e do próprio e-commerce, responsabilizando-se pelas transações.

Somado a isso, é importante que a loja virtual deixe claro para seus clientes que ela trabalha com uma forma de pagamento 100% segura. Isso trará tranquilidade para os usuários fazerem suas compras, aumentando a conversão em vendas.

Como você pôde ter uma noção aqui, são muitos os erros cometidos em e-commerces capazes de prejudicar a conversão em vendas. Vimos as principais falhas que custam caro às lojas virtuais, impactando negativamente no faturamento. Agora mãos à obra! Depois de conhecer os pontos-chave para melhorar as conversões, só falta corrigir o que não estiver adequado!

Gostou deste conteúdo sobre conversão em vendas? Então aproveite para seguir nossas redes sociais e ficar de olho em mais dicas como essas!

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)