E-book intermediador
Venture capital: o que é preciso para conseguir esse investimento?

Venture capital: o que é preciso para conseguir esse investimento?

Toda startup deseja crescer, mas a realidade financeira dos empreendedores pode desacelerar esse objetivo. Contudo, uma interessante forma de ver a empresa atingindo o tão sonhado patamar de forma mais rápida é contando com investimento de venture capital (VC).

O VC, também chamado de capital de risco, é a ação de investidores aplicarem certa quantia em dinheiro em empresas que já tenham um faturamento expressivo e tenham tendência a se desenvolverem mais. Além disso, esses aplicadores costumam ter grande conhecimento de gestão e estratégia, beneficiando o crescimento da companhia.

Continue a leitura e entenda melhor o que é venture capital, seus benefícios e como consegui-lo!

Venture capital: o empurrão que sua empresa pode precisar

Ser empresário não é uma tarefa simples. Mesmo que o negócio seja uma startup, é necessário fazer investimentos, pensar estrategicamente, correr riscos, trabalhar aos finais de semana, estudar novas práticas. Ainda que se tenha boa vontade, a limitação financeira ou de conhecimento pode ser um impeditivo para se tornar um dos unicórnios do mercado.

O venture capital torna-se, assim, um meio mais fácil de conseguir alcançar novos patamares. Ter investidores capazes de aplicar uma boa quantia financeira e colaborar com a experiência e a perícia em gestão, tomada de decisão e estratégias é uma ótima oportunidade para tal.

Esse investimento diferencia-se de outros, como angel money e seed capital. Na primeira hipótese, o capital pode ser aplicado, inclusive, enquanto o negócio ainda está no campo das ideias, num valor de R$50 mil a R$500 mil. Na segunda situação, o valor fica entre R$500 mil e R$2 milhões, e é direcionado para empresas que ainda estão muito pequenas.

Já o VC é para os médios ou pequenos empreendimentos que já têm certo grau de maturidade. O investimento costuma ficar entre R$2 milhões e R$10 milhões. É importante também frisar que esses investidores terão, em contrapartida, participação societária, recebendo, junto com os empreendedores iniciais, parte do lucro do negócio. A vantagem é que geralmente são pessoas com grandes possibilidades financeiras e um conhecimento apurado de empreendedorismo para auxiliar na administração da empresa.

No Brasil, esses fundos podem ser formados por Fundos de Investimentos e Participação (FIP) ou Fundos Mútuos de Investimento em Empresas Emergentes (FMIEE), sendo regulados pela Comissão de Valores Mobiliários.

Benefícios de contar com um venture capital

Além do auxílio financeiro, que é muito valioso para qualquer startup conseguir crescer, as vantagens de ter um VC são as seguintes.

Suporte da gestão

Como já comentado, junto com a ajuda monetária vem também o apoio na parte estratégica do negócio. Em geral, são pessoas que já têm uma bagagem em gerenciar empreendimentos, podendo atuar como mentores ou até colaboradores, assumindo cargos como diretores e coordenadores.

Alcance de resultados

Com a entrada de alguém experiente e que esteja arriscando seu próprio capital na empresa, a cobrança para atingir os resultados almejados serão maiores. Com isso, há mais dedicação de todos envolvidos. Além disso, uma pessoa mais habilidosa é capaz de traçar metas mais realistas e consistentes para o negócio.

Parceria duradoura

Alguém que entra investindo tanta quantia financeira não vai querer se desfazer da parceria tão cedo. O investidor desejará colher os frutos do que ele acreditou e fazer parte da trajetória de sucesso da startup. Essa pessoa também tem a noção de que o êxito não acontece de uma hora para outra, assim terá paciência para o que for preciso fazer.

Apoio fiscal e administrativo

Com um fundo de investimento haverá a necessidade de algumas exigências. Uma delas poderá ser a criação de um conselho para fiscalizar e apoiar a companhia em questões fiscais e administrativas. Essa descentralização de tomada de decisão desburocratiza alguns processos.

Evolução rápida

Com todo esse apoio, por meio do venture capital, o negócio tem uma oportunidade mais concreta de crescer no mercado. O auxílio no gerenciamento e na lucratividade oferece uma melhora significativa nesse quesito.

Passos para adquirir esse investimento

Primeiramente, é importante que a startup já tenha atingido um bom nível de maturação para poder focar no target list ideal e convencer alguém a arriscar tempo e dinheiro no seu empreendimento. Confira algumas dicas.

Tenha uma ideia inovadora

Pense que todos os dias existem várias startups procurando alguém que possa investir em fundos de modo a auxiliá-las. Com isso, para conseguir se destacar e fazer alguém acreditar e querer arriscar é preciso fazer o que as outras não fazem, além de ter ideias diferenciadas, inteligentes e lógicas.

Monetize

O investimento é mais fácil quando a empresa já tem meio caminho andado, apresenta bons resultados e tem sinais de que pode melhorar ainda mais. Ou seja, é importante construir uma parte da estrada para outra pessoa acreditar que o fim dela será seguro.

Monte uma equipe talentosa

Ninguém chega ao topo sozinho. As pessoas precisam de outros parceiros, com habilidades que somem às suas. Por isso, é essencial ter uma equipe que demonstre competência para atingir objetivos cada vez mais desafiadores.

Tenha carisma e liderança

É importante saber liderar com carisma e contribuir para o aumento da motivação de todos a fim de reter pessoas talentosas. Por isso, mostre-se interessado na participação de cada um, inclusive dos investidores, o que ajudará a conquistá-los.

Saiba oferecer o plano

Estude qual é o perfil ideal de investidor para o seu negócio, saiba as características que essa pessoa deve ter e vá atrás dela. Analise qual é o melhor tipo de abordagem para falar da empresa, do que ela já atingiu e do que você imagina que ela precise. Pense nas possíveis perguntas e dúvidas que surgirão na hora e se prepare com as melhores respostas.

Colha feedbacks

Entenda que não é fácil conseguir convencer alguém de acreditar na sua empresa. Então, prepare-se para os vários ‘nãos’. Ao mesmo tempo, peça um feedback sincero a essas pessoas sobre o motivo de não desejarem investir. Pergunte no que você pode melhorar e quais erros foram encontrados no seu projeto. É por meio desse retorno que o seu negócio tem chances de progredir.

Ter uma empresa é lidar com desafios constantes, mas empreendedores que desejam obter um crescimento acelerado do negócio podem contar o investimento de venture capital. Certifique-se de que você consegue seguir com os passos apresentados para ter mais sucesso na hora de ir atrás de um investidor.

Gostou do conteúdo? Assine a nossa newsletter e receba outras dicas formidáveis para o seu negócio diretamente na sua caixa de e-mail!

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Evandro Zanatta
Evandro Zanatta Especialista no desenvolvimento e crescimento de startups e produtos. Acredita no uso de data-driven para elaborar as melhores estratégias, alcançar os melhores resultados e sempre seguir no caminho correto. Tendo atuado em grandes plataformas de e-commerce e atendimento, atualmente lidera o time de marketing da Yapay, plataforma de pagamento do grupo Locaweb.