E-book intermediador
Pagamentos online: Saiba como receber por seus produtos e serviços?

Pagamentos online: Saiba como receber por seus produtos e serviços?

Na era das facilidades, nem os modelos de pagamento saíram ilesos. Tudo mudou. Até meados de 1990, era comum usarmos dinheiro. Aí vieram os cartões de crédito e débito, que conquistaram o mercado. Já de uns anos para cá, os pagamentos online que vem ganhando destaque no mercado. Os e-commerces, que encabeçaram esse movimento, têm hoje um grande sucesso.

Mas não são apenas eles que podem fazer uso de pagamentos online, sabia? Uma loja física ou um prestador de serviços também pode colher os benefícios que essa tecnologia proporciona. Confira e entenda!

Como receber pagamentos online?

Para receber pagamentos online você precisará contratar uma empresa especializada no assunto. Essas empresas são conhecidas como intermediadores ou gateways de pagamento ( preste atenção, já que os dois não são a mesma coisa ).

Ambos trabalham de maneira parecida e cobram uma porcentagem por cada venda realizada.  Em resumo, a grande diferença entre os dois tipos de serviço é que os intermediadores de pagamento te protegem de fraudes nas compras online e cobram uma taxa mais alta pela prestação desse serviço. Já os gateways de pagamento simplesmente ligam seu site a operadoras de cartão de crédito e bancos, no entanto em caso de fraude quem assume o prejuízo é você, veja mais sobre essa diferença no nosso artigo: Adquirentes, Subadquirentes e Gateways! Entenda as diferenças e características de cada um.

Por que receber pagamentos online?

A primeira dúvida que costuma surgir antes de optar por investir em qualquer tecnologia é: que tipo de benefício terei com isso? Indo direto ao assunto, conheça agora quais são as vantagens de contar com uma ferramenta de pagamento online:

  • upgrade na produtividade: como o processo é feito pelo consumidor. Você não precisa de ninguém operando uma máquina para receber, o que libera sua equipe para outras atividades;
  • agilidade na cobrança: ao automatizar o envio de boletos. Por exemplo, os clientes recebem a cobrança no dia marcado, sem erros ou preocupações;
  • redução de custos: cobranças recorrentes e envio automático de cobranças. Assim evitam que você tenha que gastar com correspondências, e-mails e telefonemas;
  • diminuição de falhas: nada pior que ser criticado pelo cliente por uma cobrança indevida. O que pode ser evitado com o auxílio de uma ferramenta de pagamento online;
  • aumento da competitividade: empresas que inovam e oferecem comodidade e segurança aos consumidores ganham mais espaço no mercado, fidelizando clientes com mais facilidade.

Gateway ou Intermediador?

Para grande maioria dos casos é melhor usar um Intermediador de pagamento. Já que fraudes online são comuns e esses serviços te protegem delas.

Os gateways são recomendados para prestadores de serviços maiores que conseguem absorver em seus custos gerais o prejuízo gerado pelas fraudes.

Intermediadores cobram entre 6 – 7% de taxa por venda, já os gateways tem uma taxa um pouco menor e cobram entre 3 – 5%.

Selecione as formas de pagamento

Nem sempre podemos oferecer todas as formas de pagamento disponíveis no mercado. Há quem pague suas contas com Dotz ou Bitcoins. Por exemplo, recursos ainda pouco usados que. Por isso, nem sempre justificam o investimento em ferramentas de pagamento online que os aceitem.

Indo do tradicional ao mais avançado, no entanto, é possível sim oferecer uma ampla gama de possibilidades de pagamento aos clientes. Aí entram débito em conta corrente, cartões de débito e crédito, carteira digital, milhas, pontos, entre outros. Monte seu mix de acordo com o perfil da sua clientela, sempre pensando na comodidade oferecida. Também é válido inovar nas formas de pagamentos online para atrair novos públicos. Por exemplo, a carteira digital e dos aplicativos de pagamento.

Vale ressaltar que, hoje, é possível cobrar faturas no cartão de crédito de forma recorrente. Assim como mensalidades de escolas, consultas médicas e assinaturas de produtos. Essa facilidade atrai muitos consumidores porque não compromete o limite do cartão. Também é possível programar o envio de boletos de cobrança, seja por e-mail ou SMS. A mensagem serve como um lembrete ao cliente. Ao mesmo tempo disponibilizando a forma de pagamento — uma garantia a mais para evitar atrasos!

Encontre o fornecedor ideal

Depois de conhecer os requisitos que a solução de pagamentos deve ter, é hora de partir para o mercado e encontrar o fornecedor ideal. Existem muitos, é verdade, mas não se renda à primeira oferta! Avalie quais são as funcionalidades da ferramenta, bem como as taxas cobradas. Assim como as regras para renovação de contrato e outros elementos que possam impactar na performance das vendas.

Certifique-se da integração com outros sistemas

Já pensou ter loja física e loja virtual, cada uma com um sistema isolado de pagamentos? Como consolidar as informações para gerir a empresa da melhor maneira? A integração com outros sistemas de gestão é fundamental para automatizar processos e evitar retrabalhos.

Quando todas as informações podem ser concentradas em um único local, sua capacidade de gestão e análise de dados é favorecida. Assim, as transações se tornam mais seguras, as falhas processuais são reduzidas e sua empresa garante maior rentabilidade tanto pela diminuição dos desperdícios quanto pela maximização de resultados.

Saiba mais sobre o dashboard de gestão de pagamentos

Uma ferramenta de pagamentos online tem 2 frentes: aquela que aparece para o usuário que vai fazer o pagamento e aquela que fica no background, isto é, que é vista apenas por você e sua equipe. O background desse tipo de tecnologia deve oferecer total capacidade de gestão das movimentações financeiras realizadas por meio da plataforma, permitindo que você conheça o desempenho das vendas, quanto tem a receber e quais são os valores atrasados, por exemplo.

O ideal é ter acesso a um painel de controle fácil e intuitivo, que indique os principais resultados, os indicadores mais importantes e outras informações relevantes para que você tome decisões conscientes sobre precificação, crédito, cobrança, melhorias no atendimento ao consumidor, entre outras inúmeras possibilidades.

Pesquise sobre o suporte dado ao usuário

No momento da venda, todas as soluções aparentam ser excelentes, sem qualquer tipo de problema e com usuários extremamente satisfeitos. Mas, na prática, dúvidas e problemas sempre podem acontecer. E se você tiver que lidar com uma falha sistêmica, por exemplo? Nesse contexto, um suporte ágil e preciso para a resolução de problemas e um bom SLA (Service Level Agreement) garantem maior segurança à sua decisão de compra.

Ter apoio durante o horário de funcionamento da empresa garante que você não vai perder vendas ou deixar seu time ocioso por falhas tecnológicas. E mais importante: devem constar no SLA as condições mínimas de qualidade do serviço prestado. Conhecer o tempo de disponibilidade da ferramenta, por exemplo, é crucial para que suas vendas não parem nunca!

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
José Renato Galleti Silva
José Renato Galleti Silva