E-book intermediador
5 empresas SaaS de alto faturamento para inspirar seu negócio

5 empresas SaaS de alto faturamento para inspirar seu negócio

O mercado do Software as a Service cresce a cada dia, chamando a atenção de empreendedores de todo o mundo pelas vantagens que o formato oferece. E um dos principais benefícios colhidos pelas empresas SaaS é a previsibilidade no faturamento, fruto do modelo de pagamentos recorrentes. Além é claro da possibilidade de obter um  alto faturamento.

Nesse modo de operar, os usuários do software pagam um valor mensal pela assinatura do serviço, podendo a partir daí usar os recursos da plataforma. A proposta é tão boa que esse se tornou o principal modelo de comercialização de soluções tecnológicas do planeta.

Curioso para entender melhor esse mercado? Conheça 5 empresas SaaS de alto faturamento e aprenda com elas!

1. Salesforce

A Salesforce é a pioneira da indústria de SaaS, tendo sido eleita como a empresa mais inovadora do mundo pela Forbes. Tudo começou no ano de 1999, quando Marc Benioff, um veterano da Oracle no setor de software, juntamente com alguns colegas, decidiu apostar no conceito que denominou o fim do software.

Na prática, o software não estava morrendo, mas dando início a uma nova era. E foi assim que a Salesforce levantou uma bandeira, combatendo a compra de licenças de programas de computador. Em vez disso, propôs a assinatura de um serviço de gerenciamento de informações on demand. Tudo online, na nuvem.

O primeiro produto da Salesforce foi lançado no ano 2000. Era uma plataforma de automação de força de vendas online, pensada para o mercado de soluções em gestão do relacionamento com o cliente.

Aqui vai a ficha completa da empresa:

  • sede: São Francisco, Califórnia, EUA;
  • principal produto: Salesforce CRM;
  • modelo de negócio: recorrência de pagamento — modelo por assinatura;
  • principal diferencial: pioneirismo;
  • como fidelizou seus clientes: levantando a bandeira do fim da compra de licenças de software e se posicionando como um CRM confiável, simples e efetivo;
  • faturamento anual: 8,39 bilhões de dólares.

2. Netsuite

A Netsuite oferece softwares de gestão empresarial integrada, incluindo sistemas ERP (Enterprise Resource Planning), CRM, gestão de estoques e de pedidos, contabilidade, PSA (Professional Services Automation) e aplicações de comércio eletrônico. Seu foco está nas pequenas e médias empresas.

Assim como a Salesforce, foi uma das pioneiras no ramo de computação na nuvem, tendo surgido também em 1999.

Aqui vai a ficha completa da empresa:

  • sede: San Mateo, Califórnia, EUA;
  • principal produto: ERP;
  • modelo de negócio: recorrência de pagamento — modelo por assinatura;
  • principal diferencial: o pioneirismo e o relacionamento próximo com a Oracle, que impulsionaram a empresa;
  • como fidelizou seus clientes: focando em um público específico (PMEs) e oferecendo uma boa variedade de soluções ao público;
  • faturamento anual: 741 milhões de dólares.

3. Workday

Outra empresa com um faturamento de dar inveja, a Workday se posiciona como uma solução flexível e ágil, oferecendo serviços na nuvem por uma fração do custo da atualização de seus concorrentes.

A organização foi fundada em 2005 e seu foco está na gestão financeira, gestão de capital humano e aplicativos de integração. Nos últimos anos, a companhia adquiriu uma série de outras empresas de tecnologia, ampliando ainda mais sua fatia de mercado.

Aqui vai a ficha completa da empresa:

  • sede: Pleasanton, Califórnia, EUA;
  • principal produto: ERP para recursos humanos e gestão financeira;
  • modelo de negócio: recorrência de pagamento — modelo por assinatura;
  • principal diferencial: preço acessível;
  • como fidelizou seus clientes: focando em necessidades específicas que não eram plenamente atendidas por outros softwares;
  • faturamento anual: 1,56 bilhão de dólares.

4. ServiceNow

Fundada em 2004, a ServiceNow oferece software de gerenciamento de serviços de TI, competindo com empresas como IBM, HP e Salesforce. Desde seu surgimento, a companhia segue conquistando contas de grandes empresas.

Mais recentemente, iniciou suas operações no Brasil, instalando data centers em grandes clientes. Um deles, aliás, é a gigante Gerdau, que trocou seu fornecedor de software anterior pela solução da ServiceNow. A previsão é de que a organização continue crescendo em território brasileiro, expandindo ainda sua atuação.

Vale destacar que as lideranças da ServiceNow não pensam pequeno: querem entrar com força até mesmo no nosso governo. Isso porque a administração federal tem dado sinais de que planeja abandonar a política de incentivo aos softwares open source usados até então em Brasília.

Aqui vai à ficha completa da empresa:

  • sede: Santa Clara, Califórnia, EUA;
  • principal produto: software de gerenciamento de serviços de TI;
  • modelo de negócio: recorrência de pagamento — modelo por assinatura;
  • principal diferencial: foco em soluções para grandes empresas;
  • como fidelizou seus clientes: oferecendo expertise e infraestrutura para atender grandes corporações;
  • faturamento anual: mais de 1 bilhão de dólares, com previsão de chegar a 4 bilhões em 2020.

5. ContaAzul

Enquanto nos Estados Unidos o modelo de Software as a Service já está completamente difundido, no Brasil ele ainda está em expansão. Aqui, de acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES), somente 7% dos negócios da área se enquadram como puramente SaaS.

Felizmente, já temos alguns cases de empresas SaaS de sucesso. É o caso da ContaAzul, sistema de gestão empresarial online com foco na parte financeira. Seu público vai desde autônomos e microempreendedores até pequenas e médias empresas, deixando de fora as grandes organizações.

O sistema também funciona no modelo de assinatura com pagamento mensal, sendo oferecidas funções como controle financeiro e de vendas, fluxo de caixa, controle de estoque, integração contábil e importação bancária.

Aqui vai a ficha completa da empresa:

  • sede: Joinville, Santa Catarina, Brasil;
  • principal produto: software de gestão para pequenas e médias empresas;
  • modelo de negócio: recorrência de pagamento — modelo por assinatura;
  • principal diferencial: simplicidade de uso;
  • como fidelizou seus clientes: por meio do uso intuitivo, permitindo um aprendizado autônomo, simplesmente ao usar suas funcionalidades no dia a dia;
  • faturamento anual: apesar de a empresa não informar seu faturamento, estima-se que o ContaAzul será a primeira startup brasileira a superar o valor de marca de 1 bilhão de dólares.

Viu como as empresas SaaS são grandes inspirações para gestores e empresários que desejam expandir sua atuação? E deu para perceber: um dos segredos para o sucesso é contar com um modelo de pagamentos previsível, capaz de trazer saúde financeira para a organização. Com isso, a marca abre caminho para inovar e melhorar seus produtos e serviços a cada dia, ganhando ainda mais destaque!

E aí, gostou de conhecer essas empresas Saas? Pronto para seguir esses exemplos e caminhar rumo ao sucesso você também? Antes, que tal compartilhar este conteúdo em suas redes sociais e ajudar a inspirar mais pessoas?

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)