E-book intermediador
SaaS, PaaS, IaaS: Descubra o significado de cada um.

SaaS, PaaS, IaaS: Descubra o significado de cada um.

A computação em nuvem, cloud computing, é formada por muitas tecnologias, constituindo um agrupamento de servidores físicos e virtuais interligados em rede. Os serviços de computação oferecidos dessa forma — em nuvem — significam que podem ser acessados e armazenados sem que o usuário os baixe e guarde em seu computador. Os dados, aplicações, softwares, infraestruturas são disponibilizados de maneira remota, o que significa: diminuição de custos, economia de espaço, maior segurança.

Podemos ver SaaS, PaaS, IaaS como uma hierarquia desses serviços de computação em nuvem. Sendo SaaS, Software as a Service, o 3º nível e tendo como exemplo simples softwares e aplicações como o Google Drive. PaaS, Platform as a Service, estaria num 2º nível e abrangeria plataforma como o Microsoft Windows Azure. IaaS, Infrastructure as a Service, o 1º nível, abrangendo uma complexidade maior, como um servidor físico ou harware, e tendo como exemplo a IBM.

A introdução foi longa, mas é que o assunto merece ser explicado e comentado para você decidir o que se encaixa melhor ao seu negócio. Continue a leitura e entenda melhor as definições e vantagens de cada!

SaaS, PaaS, IaaS: conceitos e vantagens

Imagine você tendo que armazenar na memória do seu computador todos os dados de todos os clientes: histórico de compras, processo de vendas, pessoas inadimplentes, orçamentos diários, mensais, anuais; informações sobre seus fornecedores; produtos que ainda têm no estoque ou que precisam ser comprados com urgência.

E-book: Conversão no E-commerce: Como aumentá-la?
Aumente a conversão de suas vendas





Você que tem um e-commerce sabe que os detalhes e as informações são muitos. Agora, imagine o tamanho da memória, e o quanto de esforço esse computador teria de fazer para guardar todas as informações durante anos e continuar sendo eficiente. Agora, imagine o caos, se o sistema for invadido por vírus ou se o computador simplesmente pifar de uma hora para outra, e você perder tudo o que tinha guardado. Chega a doer, não é?

Felizmente, hoje já podemos contar com tecnologias que nos permitem guardar um número realmente grande de informações, com acesso disponível de forma fácil — sendo exigido apenas a conexão à Internet —, e que nos livram de problemas justamente como a insegurança na perda dos dados, o espaço limitado e os grandes custos que teríamos.

A computação em nuvem conta com vários tipos de serviços, e cada um deles oferece ao usuário utilidades de acordo com as necessidades, e, por isso, elencamos esses serviços em uma espécie de hierarquia, sendo uns mais simples e outros mais complexos.

A Tecnologia da Informação pode trabalhar às vezes com conceitos um pouco difíceis de serem entendidos no primeiro momento. Também tem uma possibilidade infinita de uso de cada inovação. Então, continue acompanhando.

O que é SaaS e quais suas vantagens?

É o modelo mais simples da computação em nuvem, envolvendo softwares e aplicações. Como dito já na introdução, não é necessário que o contratante faça o download em seu computador, podendo acessar o serviço de forma remota, ou seja, por meio da conexão à Internet. Por não ser um programa armazenado pelo usuário, ele não precisa se preocupar com manutenção e atualizações, pois isso é feito pelo próprio fornecedor.

Com relação a custos, em geral, são pagos de forma mensal e variam conforme o número de usuários que acessam o software ou a quantidade de recursos oferecidos. Esse serviço pode ser usado por pequenas empresas que não têm a condição de investir em compras de licenças.

Podemos ter as seguintes vantagens:

Ausência de custos com licença

Os softwares mais comuns e que precisam ser instalados pelo usuário costumam cobrar o custo da licença sobre o produto. Como já adiantado, o SaaS não precisa desse investimento. Por tal motivo, esse serviço fica mais acessível a longo prazo, facilitando ainda o planejamento financeiro da empresa.

Sem tempo perdido com atualizações

Atualizações constantes, demoradas e com notificações chatas e incessantes exigindo que você faça logo o processo? No SaaS, as atualizações são feitas pelo próprio fornecedor e você não precisa se preocupar.

Segurança e disponibilidade das informações

Com o SaaS, não há necessidade de backups constantes ou risco de perder todas as informações importantes da empresa. Como o armazenamento é em nuvem, os dados ficam salvos dessa forma e podem ser acessados em qualquer momento.

O que é PaaS e quais suas vantagens?

Esse modelo de computação em nuvem envolve o fornecimento de uma plataforma para que sejam desenvolvidos ou utilizados aplicativos. As ferramentas e recursos da tecnologia são oferecidos pelo provedor.

Pode ser usado pela organização que não puder investir na criação de uma plataforma própria e que deseja ter mais controle sobre todo o fluxo de trabalho.

Além de oferecer as mesmas vantagens do SaaS, o PaaS também oferece as seguintes:

Centralização do fluxo de trabalho

Os aplicativos são todos administrados na mesma plataforma. Isso auxilia no controle dos processos, além de possibilitar uma visão mais ampla e sinérgica de todas as atividades da empresa.

Eliminação da necessidade de vários especialistas

A própria empresa consegue administrar a plataforma e seus aplicativos, não precisando contar com o apoio de profissionais de muitas especialidades e conhecimentos avançados em hardware e software.

Presença de escalabilidade

Isso significa que ainda que a empresa cresça e precise aumentar sua produção e operação, a estrutura ainda fica disponível, bastando alguns ajustes, e não há grande alteração dos custos; ao contrário do modelo mais tradicional, que exigiria investimento em outros recursos mais complexos, influenciando na questão financeira.

O que é IaaS e quais suas vantagens?

Mais robusto que os outros modelos, esse funciona como um hardware físico tradicional, porém, de forma virtual. A infraestrutura é disponibilizada de modo online, o que dispensa a comprar de hardwares físicos pela empresa.

Pode ser usada por pequenas ou médias empresas que tiverem necessidade de uma infraestrutura de redes e servidores, sem a necessidade de grande investimento financeiro de hardwares em um data center.

Podemos ter entre suas vantagens:

Oferta de mobilidade

Com essa mobilidade, pode haver sucessão do trabalho pelos profissionais, de onde estiverem, o que facilita o processo e contribui para a produtividade. Além disso, os serviços podem ser acessados por qualquer dispositivo, como os smatphones.

Diminuição de riscos de inoperabilidade

Por contar com vários servidores conectados, se por acaso algum deles falhar, o outro entra em atividade em seu lugar, impedindo a empresa de parar seu funcionamento, como seria com um hardware físico tradicional.

Uso sob demanda

Isso significa que a empresa vai pagar apenas pelo que ela usou, podendo canalizar recursos financeiros para outras demandas da empresa. Ou ainda, se necessário, pode em determinado mês usar a mais ou a menos. Costuma-se comparar isso a um serviço de TV a cabo, pelo qual o usuário contrata ou cancela os canais que quiser.

Os modelos de nuvens SaaS, PaaS, IaaS, além de todos os benefícios citados, costumam contar com constantes melhorias em suas tecnologias, o que aumenta a praticidade e a segurança para as empresas. Avalie com cuidado as necessidades do seu negócio para decidir o que implementar para expandi-lo.

Compartilhe essas informações nas redes sociais, para que possam atingir mais pessoas e beneficiá-las, assim como provavelmente auxiliou você.

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)