E-book intermediador
Escalabilidade em startup: como garantir que a ideia seja escalável?

Escalabilidade em startup: como garantir que a ideia seja escalável?

Você tem uma ideia de negócio que considera inovadora, mas será que ela é escalável? Ou talvez já tenha ouvido ou lido algo sobre o conceito de escalabilidade em startup, mas ele ainda não tem sentido prático em seu empreendimento? Se deseja encontrar investidores que vejam o potencial da sua ideia, é importante apresentar seu negócio de forma correta. E uma das características mais procuradas atualmente é a escalabilidade.

Por isso, neste artigo, vamos ajudar você a entender o conceito de escalabilidade e conferir algumas dicas pontuais para conseguir alcançá-la. Vamos lá?

O que é escalabilidade?

Em um mercado competitivo, negócios que têm potencial ilimitado para crescimento são muito mais atrativos, certo? E se essa expansão não exigir o aumento dos custos na mesma proporção? Pois é a partir desses pontos que podemos começar a entender sobre escalabilidade.

Imagine uma chef especializada em confeitaria e proprietária de um estabelecimento no qual são vendidos doces e bolos finos produzidos por ela mesma. Apesar de ter sucesso, esse negócio tem um limite de crescimento amparado na capacidade de produção da chef e de sua equipe.

No entanto, tornar esse negócio escalável é possível. A chef poderia, por exemplo, elaborar um mapeamento de seus processos de forma a repassá-los para franqueados. Também seria possível que ela montasse um e-book com suas principais técnicas, passando a lucrar com seu conhecimento e a credibilidade que seu nome já ganhou.

E-book: Conversão no E-commerce: Como aumentá-la?
Aumente a conversão de suas vendas





Alguns exemplos de empreendimentos digitais que têm grande possibilidade de serem escaláveis são ferramentas e plataformas, softwares no modelo SaaS (Software as a Service), marketplaces e infoprodutos. A escalabilidade mede o potencial de uma startup justamente por conseguir prever até onde ela pode chegar. E quanto mais longe, mais atrativa ela se torna para investidores-anjo e fundos de Venture Capital.

O que é preciso para ser escalável?

A escalabilidade em startup permite que o funcionamento continue com sucesso durante o desenvolvimento. Por isso, para ser escalável, pelo menos estas três características são necessárias:

Ser ensinável

O que você faz em sua startup pode ser ensinado a qualquer colaborador? Toda equipe tem consciência da missão e da visão da empresa e sabe aonde a organização quer chegar? Para ser escalável, uma ideia também deve conseguir ser ensinável. A possibilidade de propagação torna-se maior com processos que podem ser passados à frente sem empecilhos.

Ter valor

O valor é uma das principais características da escalabilidade em startup. O valor de uma ideia está principalmente em sua exclusividade, no conhecimento inédito mostrado pela empresa. Para gerar valor, é preciso trabalhar com inovação e encontrar brechas no mercado em que vai ser possível atuar com sucesso.

Ser replicável

Um negócio que tem processos bem definidos e passíveis de repetição tem grandes chances de sucesso, afinal, não há limites para o seu crescimento. Ele vai gerar receita recorrente sem necessariamente resultar em mais custos de produção. É preciso garantir um modelo de produção eficaz e que tenha um mercado pronto a receber um grande volume.

Como garantir a escalabilidade?

Agora que você conhece as principais características para uma ideia ser escalável, vamos pontuar algumas ações a fim de garantir que a escalabilidade em startup saia do papel e se torne uma realidade para o seu empreendimento.

Encontrar um market fit

Esse é um dos primeiros passos para uma startup. Ela só pode escalar uma ideia se esta tiver potencial de mercado, por isso é primordial encontrar o market fit. Esse termo nada mais é do que um produto que preenche uma brecha de mercado. Assim sendo, ele deve ser inovador, possuir diferencial e um público em potencial.

Mapear e padronizar os processos

Como já vimos, quanto mais replicáveis os processos, mais escalável é a ideia. Por isso, é necessário mapear tudo que é feito na empresa, da visão de negócio até os menores processos. Definir padrões para o que é realizado também é relevante, já que isso vai facilitar o ensino.

Conhecer o público-alvo

Um erro que você não deve cometer ao começar um negócio é tentar alcançar um público-alvo tão amplo que não pode ser bem delimitado. Atualmente, por conta do mercado competitivo, investir em produtos segmentados costuma ser o ideal.

Assim é possível conhecer a fundo a persona com quem a empresa vai se comunicar e mostrar aos investidores um público acessível e que está realmente aberto para receber o que vai ser oferecido a ele.

Elaborar um plano de ação

Investidores prezam por planejamento e conhecimento profundo do negócio. Nesse sentido, a escalabilidade em startup passa pela elaboração de um plano de ação. Você precisa ter metas e objetivos de curto, médio e longo prazo bem definidos.

É preciso saber aonde quer chegar e como vai ser feito. Mesmo que seu empreendimento ainda esteja no papel, é importante ter uma visão de futuro ampla e realista, de modo a saber como ele pode crescer.

Terceirizar e automatizar

Apostar na tecnologia para automatizar e resolver problemas da sua empresa é um dos caminhos para alcançar a escalabilidade. Afinal, processos automatizados podem ser realizados para 10 ou 1.000 clientes com a mesma eficiência, e é isso que vai possibilitar um crescimento saudável. Além disso, a terceirização de serviços que não são essenciais pode economizar os custos e aumentar os lucros.

Investir em capital humano

Ao mesmo tempo que é preciso economizar no número de funcionários de tarefas não específicas, é fundamental investir em colaboradores capacitados e engajados para os processos fundamentais que vão conduzir o negócio. Por vezes, o fracasso de uma empresa está na escolha equivocada dos profissionais que estão trabalhando para ela. Realize um recrutamento minucioso e lute para reter os melhores talentos com você.

Estamos chegando ao fim do nosso artigo sobre escalabilidade em startup. Como você viu, a escalabilidade é a possibilidade de um negócio expandir sua atuação e seus ganhos sem precisar aumentar seus gastos na mesma proporção. Já sabe se sua ideia é escalável e como você pode torná-la ainda mais atrativa para os investidores? Esperamos que sim!

Se este texto foi útil para você, queremos continuar compartilhando conteúdos que podem ajudá-lo a alcançar o sucesso do seu empreendimento. Interessou-se? Então é só assinar nossa newsletter e receber nossas atualizações diretamente na sua caixa de entrada!

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)