E-book intermediador
7 passos para escolher o gateway de pagamento

7 passos para escolher o gateway de pagamento

Você está pensando em contratar um gateway para a sua empresa? Essa solução é uma grande vantagem tanto para a operação quanto para a estratégia de um negócio de varejo que pretende se consolidar no mercado.

Mas aí surge a pergunta: como escolher o gateway de pagamento perfeito? Neste artigo, nós te contamos por que essa decisão é tão importante e listamos os passos para não errar! Vamos lá?

A importância de fazer a escolha certa

Antes de começar a pesquisa pelo gateway ideal para a loja, é preciso reforçar que essa não é uma questão apenas de investimento em tecnologia, mas uma decisão estratégica.

Optar pela interface correta e apresentá-la para os diretores da companhia pode ser o fator decisivo para que a empresa passe a alcançar um novo patamar no mercado, aumentando a produtividade na gestão de recursos, a agilidade nas transações financeiras e a segurança das operações diárias.

Portanto, quando for seguir os passos abaixo para contratar o melhor serviço de gateway de pagamento, pense não só no que cada opção tem a oferecer de ferramenta e estrutura, mas como a implementação desse serviço irá impactar o negócio.

7 passos para escolher o gateway de pagamento ideal

Agora que a importância dessa escolha ficou clara, é hora de começar a sua pesquisa. Para ajudar você nessa etapa inicial, preparamos uma lista com 7 passos que você precisa analisar nas opções disponíveis antes de assinar qualquer contrato.

1. Busque por garantia de segurança

Colocamos esse tópico em primeiro lugar porque é a principal preocupação de qualquer empresa que fatura com transações constantes. A comunicação entre cliente, banco e comerciante é o ponto mais crítico dessa operação. Por isso, a interface utilizada para fazer essa ligação não pode oferecer brechas para criminosos.

Sendo assim, procure por soluções de gateway que apresentem tecnologia de ponta e uma equipe especializada para lidar com qualquer problema de segurança que possa surgir no futuro. O uso de certificados SSL tornam o roubo e sequestro de dados muito improváveis, além de ser uma garantia a mais de que você não terá dores de cabeça.

2. Encontre uma solução com múltiplos adquirentes

Em um mercado de varejo como o brasileiro, que foca no uso de cartões de crédito e separa bandeiras e bancos, disponibilizar uma comunicação com poucas adquirentes significa perder vendas e frustrar o cliente.

Portanto, esse é um passo simples e matemático: encontre o gateway que te ofereça a interface de transação com o máximo de empresas possível.

3. Prefira gateways que se conectem diretamente com a adquirente

Oferecer a opção de se comunicar com várias adquirentes nem sempre é o suficiente quando o fornecedor usa intermediadores nessa conexão.

Os melhores gateways se conectam diretamente com as empresas. Essa relação mais próxima permite transações mais rápidas e seguras, além de dar à loja uma parceira efetiva no relacionamento entre todas as partes envolvidas na ação.

4. Aposte em disponibilidade

Como qualquer serviço online, um gateway de pagamento com pouca estrutura pode resultar na indisponibilidade frequente do sistema — por algumas horas ou dias. Infelizmente, esse problema significa tempo sem faturamento.

Os bons fornecedores utilizam tecnologias como a nuvem a favor de uma estrutura robusta e balanceada, que consegue oferecer todos os recursos e ferramentas necessárias sem prejudicar sua capacidade de entrega. Como dissemos, essa é uma escolha estratégica: uma solução ruim pode significar prejuízos graves e até a inviabilidade do negócio.

5. Exija um suporte ativo e personalizado

Mesmo a melhor das interfaces vai apresentar alguns problemas de vez em quando: sistema lento, operação não realizada com sucesso, estorno não efetuado etc. Ou seja, pequenos obstáculos no dia a dia de um varejo com os quais você já deve ter se acostumado.

Portanto, tão importante quanto uma estrutura robusta é um bom suporte para lidar com esses momentos. Durante sua pesquisa, considere quais são as responsabilidades do gateway, como ele age em caso de um chamado e quais são os prazos de suporte em diversos cenários.

Também é bom buscar um serviço que ofereça comunicação direta e personalizada entre gateway e cliente. Dessa forma, fica bem mais fácil e rápido comunicar um problema caso ele aconteça. Todo tempo economizado nesse sentido significa menos prejuízo para a loja.

6. Prefira um sistema com API flexível

Uma API, sigla em inglês para Interface de Programação de Aplicações, é um conjunto de padrões e rotinas que um software oferece para a integração com outros sistemas ou ferramentas. Quanto mais flexível for a API, mais fácil fica implementar o gateway escolhido no ERP da empresa ou em outras soluções de gestão.

Parece pouca coisa, mas converse com o gestor tecnológico sobre isso. Uma boa integração entre sistemas pode ser uma grande fonte de produtividade, eficiência em processos e mais segurança nas transações financeiras.

7. Encontre o melhor plano para a empresa

Depois de seguir todos esses passos e reduzir sua busca a alguns gateways de qualidade (com boa estrutura, bom suporte e segurança) falta apenas encontrar o melhor plano.

Mesmo que o serviço seja excelente, uma oferta limitada pode criar um gargalo na operação da empresa. Estude com calma cada contrato e busque as condições mais alinhadas a um preço justo. As duas características mais importantes para você ficar de olho são: a quantidade de transações oferecidas por mês — como franquia — e o valor cobrado por transação excedente.

Como encontrar todas essas características em um gateway

Seguindo todos esses passos, você já tem em mãos todas as informações para escolher o gateway de pagamento para a sua empresa. Lembre-se de analisar qual deles tem a melhor estrutura e um bom relacionamento com adquirentes e instituições financeiras. Considere também o que oferece o melhor suporte e um plano mensal que se adeque à sua operação presente e à pretensão do negócio para o futuro.

Agora que você sabe o que procurar, que tal começar a sua pesquisa? O sucesso para um bom contrato de prestação de serviço é conversar, negociar e confiar no seu fornecedor. Então, entre em contato com a gente agora mesmo e venha conhecer nossas soluções para a sua empresa!

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)