E-book intermediador
Como faço para aumentar a segurança nos pagamentos online?

Como faço para aumentar a segurança nos pagamentos online?

Ainda que saibamos de pesquisas com números animadores, relacionados ao crescimento de compras no mercado online, não devemos ignorar outra estatística que vai contra esse otimismo: 86% dos brasileiros não compram mais na loja na qual foram vítimas de fraudes. Ainda no mesmo estudo que gerou esse dado, verificou-se que, no país, apenas 47% das pessoas confiam nas empresas para proteger suas informações pessoais. É claro que todo esse receio afeta diretamente as vendas, prejudicando-as.

A partir desse cenário, uma coisa é fato: um comerciante precisa aumentar a segurança nos pagamentos online. Pois é por meio dessa ação que poderemos reverter os resultados pessimistas das pesquisas e colaborar com o crescimento ainda maior nessa modalidade de compra que tanto atrai os consumidores.

A questão é: como viabilizar essa segurança? E é isso que nos propomos a responder. Acompanhe a leitura!

Como aumentar a segurança nos pagamentos online?

Com toda a comodidade que a Internet nos proporciona nos dias atuais — leia-se: ter a maravilha de comprar sem precisar sair de casa —, vem com ela notícias um tanto desanimadoras: tentativas de fraudes online crescem a cada momento. Tendo esses dados em mãos, é de responsabilidade do vendedor online seguir todas as recomendações para evitar problemas futuros aos seus clientes e, consequentemente, ao próprio e-commerce.

Invista em um site HTTPS

Esse protocolo trabalha com maior segurança ao contar com uma camada de proteção no processo de transferência dos dados entre o computador e o servidor. Por ter a comunicação criptografada, os dados pessoais e bancários dos clientes sofrem um risco em potencial bem menor do que no protocolo HTTP.

Contrate uma hospedagem segura

Contar com um servidor de confiança no mercado, que não tenha gerado problemas a outros lojistas é também um fato a se pensar. O software precisa ser bem programado a fim de se evitar que falhas deem abertura a acesso de hackers.

capa ebook

E-book: Conversão no E-commerce: Como aumentá-la?
Aumente a conversão de suas vendas





Escolha bons plug-ins para o site

Esses complementos já são usados pelas grandes redes de banco ao lidar com as contas de seus clientes. Com isso, ameaças e riscos de invasão ao site são consideravelmente diminuídos.

Adote uma gestão de risco

É preciso contar com um processo no qual você possa montar uma base de dados de clientes e assim comparar os diversos tipos de comportamento para se chegar a um denominador comum, a fim de se aferir em que circunstâncias o risco tem maior probabilidade. Não é ser pessimista, mas é se prevenir e se antecipar, para saber quando você deve ligar o sinal de alerta. Tenha informações diversas referentes a e-mail, CPF, local de entrega, endereço IP, número de visitas ao site, abandono de carrinho, cancelamento de compra etc.

Invista em várias formas de pagamento

Presumir que todo consumidor vai comprar usando cartão de crédito pode ser um pouco ingênuo. Apesar de essa ser ainda a preferência da maioria, disponibilizar outros meios, como boleto bancário e transferência em conta, pode atrair os usuários que sentem receio em confiar, pelo menos no primeiro momento, em deixar os dados pessoais e importantes no site.

Trabalhe com rastreio de encomenda

Assim, você mata dois coelhos com uma cajadada só: dá maior segurança ao consumidor, que pode acompanhar todo o trajeto do seu produto, desde a separação até a entrega final; e também maior segurança a você, ao diminuir as chances de algum comprador tentar aplicar o famoso golpe de encomenda não recebida e pedir o cancelamento do pagamento.

Acompanhe os golpes da moda na web

Informar-se em relação aos golpes e às fraudes sofridas pelos comerciantes online é uma forma de você se proteger e evitar que ocorram com você. Ao saber de qualquer novidade, atualize também os seus clientes, colocando alertas informativos nas redes sociais, e-mails e whatsapp, a fim de que se atentem e não caiam nas armadilhas.

Leve a sério a parte “sobre nós”

Ainda que essa atitude não evite comportamentos maliciosos de quem queira fraudar e roubar dados, colocar todas as informações possíveis referentes à loja poderá aumentar a sensação de segurança por parte dos consumidores. Forneça telefone, endereço, razão social, CNPJ, missão, visão e valores, mídias sociais. Se possível, ainda dados referentes ao fundador, fato que poderá aumentar ainda mais a credibilidade.

Consiga selos de qualidade

Ter selos como o do Site Blindado ou os do Ebit pode fazer também diferença na decisão final do consumidor ao adquirir o produto com você. O Ebit trabalha com requisitos para que o lojista consiga cada medalha. Para isso ele vai precisar conquistar algumas medidas, como a de ter resultados positivos nas pesquisas de avaliação, ter grande número de entregas no prazo, garantir sigilo no tratamento das informações dos usuários etc.

Não ignore os feedbacks e o Reclame Aqui

Atualmente grande parte das insatisfações dos consumidores é registrada na web, seja em reviews no Google ou em site especializado como o Reclame Aqui. Os usuários mais cautelosos costumam conferir as opiniões de outras pessoas antes de tomar a decisão da compra. Imprevistos e chateações podem até ter acontecido, mas procure resolver a situação de imediato, dando todo o suporte que você puder. Muito pior do que ter reclamações é ver que o comerciante as desmerece.

Invista em um gateway e intermediadores de pagamento

Muito escolhido por quem está começando, e muito apreciado por quem já tem mais experiência, um intermediador de pagamento é capaz de resolver a insegurança com relação a fraudes. Ele é uma plataforma própria de pagamento, para a qual o cliente é direcionado na hora do checkout.

Também chamado de facilitador de pagamento, faz alusão ao nome ao simplificar todo o processo de prevenção de fraudes, por meio de uma análise de riscos. O próprio intermediador assume as ameaças existentes, recebe o pagamento e repassa ao lojista, ainda que tenha havido fraude. Por tal motivo, o comerciante não precisa arcar com gastos nessas situações negativas. O pacote costuma ser completo, inclusive com múltiplas adquirentes — bandeiras do cartão — existentes no mercado.

Um site bem estruturado é aquele que se preocupa em aumentar a segurança nos pagamentos online. E, para conseguir tal propósito, é imprescindível estarmos constantemente nos informando a respeito de todas as ações maliciosas no e-commerce e possíveis formas de combatê-las.

Então, já que você se importa em buscar a confiança dos seus clientes, continue lendo sobre o assunto e saiba quais as vantagens de um intermediador de pagamento.

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)