E-book intermediador
Loja Virtual Grátis: verdade ou mito?

Loja Virtual Grátis: verdade ou mito?

Está pensando em abrir um e-commerce com baixo investimento? Ou quer investir seu dinheiro em outras ações e optar por uma loja virtual grátis? Cuidado, como diz o velho ditado: “quando a esmola é demais o santo desconfia”.

O sonho do e-commerce

Sem dúvidas, o e-commerce anda contra as leis da economia do Brasil, enquanto o mercado sente a retração das comprar, o e-commerce apenas vê seus números aumentarem exponencialmente.

Segundo o site E-commerce Brasil, especialista no assunto, o comércio online alcançou o patamar de quase R$60 bilhões no ano de 2017. Registrando um aumento de 7,5% em relação ao ano anterior, 2016.

E não para por aí, a AbComm (Associação Brasileira do Comércio Eletrônico), estima que 2018 deve fechar com um valor 15% maior que 2017, alcançando a casa dos R$ 69 bi.

Com um crescimento significativo, o E-commerce torna-se a menina dos olhos de muitos empreendedores, ou pessoas que desejam montar seu próprio negócio.

 

Plataformas de E-commerce

Sem dúvida o primeiro passo para atuar no e-commerce, é a escolha do nicho em que se atuará, e para isso, requer-se uma boa pesquisa de mercado, benchmarks, inovação e outros requisitos.

Porém, o objetivo aqui é falar sobre as plataformas gratuitas, que prometem aos varejistas uma loja virtual grátis. Mas será que isso é viável e vantajoso?

A escolha de uma plataforma de e-commerce é o primeiro passo para a estruturação da loja virtual, sendo necessário observar diversos pontos na hora da escolha. Como, por exemplo:

  • Usabilidade
  • Estabilidade
  • Ecossistema
  • Integrações
  • Entre outras.

O caso é, plataformas que oferecem uma loja virtual grátis, utilizam esta estratégia como porta de entrada para fisgar o cliente. Não se trata de uma vantagem ou benefício para quem está começando.E sim, uma estratégia de marketing que atrai quem está começando.

A verdade por trás das plataformas gratuitas

Pensa comigo, você está iniciando no e-commerce, quer investir pouco, ou mesmo com capital, quer começar pequeno e ao longo do tempo adquirir escala. A oferta de uma plataforma sem custo é tudo o que você gostaria.

Chegou a hora de registrar seu domínio e sua hospedagem, tenho certeza que em uma plataforma que não cobra mensalidade, você terá que fazer isso por terceiros.

Então, você contrata, sem custos, e inicia suas atividades. Inicia o cadastro dos seus produtos, e de repente só pode cadastrar um determinado número de produtos. Muitas tem quantidade insuficiente para se iniciar no e-commerce.

Em seguida você inaugura a sua loja, e precisa de recursos como e-mail marketing para se relacionar com seus clientes. Mais um probleminha por aí. A maioria delas oferece e-mail apenas para os planos pagos.

E quando se precisa das integrações? Quer integrar com Marketplaces? Com ERP’s, e outras plataformas? Chegou a hora de você fazer um upgrade do seu plano.

Conseguiu ver as dificuldades para quem inicia em uma plataforma gratuita?

Existe ainda a amarração que eles criam com os cadastros. Imagina realizar os cadastros de seus produtos, inserir os dados corretamente, as fotos, descrições, e de repente ver que a plataforma não o satisfará a medida que seu projeto crescer.

 

O Suporte

Mas espera um pouco, o pior ainda estar por vir. E se você precisar de suporte? Não, nem pense em suporte em plataformas gratuitas, elas não oferecem suporte a planos gratuitos.

As plataformas que oferecem este tipo de plano condicionam seus usuários a tirarem dúvidas em fórum, e blogs com artigos explicativos. E que na maioria das vezes não solucionam o problema ou tiram dúvidas de seus clientes.

Se pararmos para pensar, se elas estão focadas em que estão iniciando, deveriam focar-se na educação de seus clientes, fornecendo canais de atendimentos diversificados.

 

A personalização

Contente-se com uma loja padrão, não queira ter uma loja personalizada, à sua maneira, com a sua cara e o seu jeito.

Em plataformas gratuitas você além dos poucos recursos, você está condicionado a temas iguais entre todos os clientes. Podendo no máximo personalizar cores e imagens.

E aí, vale a pena mesmo uma loja virtual grátis?

Podemos dizer que lojas virtuais grátis além de uma estratégia de marketing, são limitadas, pois, limitam seus usuários a pontos fundamentais para se desenvolverem no e-commerce, como:

  • Integração com marketplaces
  • Quantidade de produtos
  • Número de visualizações
  • Funcionalidades básicas
  • Hospedagem
  • E-mail Marketing
  • Suporte e atendimento
  • Temas para personalização
  • Assistente de atendimento

Pois é, penso que vale a pena analisar um pouco antes de ir com sede a plataformas limitadas como estas, afinal, quem está iniciando no e-commerce, ou mesmo quem já atua, deseja sempre alcançar uma escalabilidade.

E com plataformas grátis, essa escalabilidade é bruscamente limitada, além de não oferecer suporte ao usuário, e deixá-lo a mercê de fóruns, sites de busca e outros meios de aprender a utilizá-las.

Loja virtual grátis, até um certo ponto

É importante citarmos ainda as plataformas que prometem uma loja virtual gratuita, cobrando só uma taxa. Uma taxa sobre o seu volume de vendas.

Essa questão não é bem vista aos olhos dos lojistas, afinal quem ingressa no e-commerce, na maioria das vezes também busca vender em marketplaces, e claro utilizam meios de pagamento, adquirentes. E cada uma destas ferramentas cobram uma taxa.

A conta não fecha, a plataforma que deveria ser o carro chefe e potencializar as vendas, na verdade, está indo na contramão do crescimento do lojista.

 

Vale a pena iniciar em uma plataforma paga

Pensando pelo lado certo, existem diversas plataformas que possuem planos que vão dos mais básicos aos corporativos, e independente da mensalidade, oferece os recursos citados anteriormente igualmente a todos eles.

Além disso, o investimento é consideravelmente baixo, existem plataformas que oferecem planos que com recursos completos por R$ 89,00. E valem a pena por não limitar os recursos pelos valores pagos. Ou seja, seja qual for o tamanho da sua loja virtual ela o atenderá, se está começando, ou se está atuando.

Agora, você entende porque uma loja virtual grátis nada mais é do que uma estratégia de marketing para captar clientes que estão iniciando no e-commerce, retê-los pelo trabalho que realizam ao imputar seus dados, e forçá-los a subir o plano para um pago, a medida que as necessidades do lojista aumentam.

Hoje, plataformas que não oferecem planos trial ou gratuitos estão focadas na qualidade do atendimento de seus clientes, sendo isso um diferencial no e-commerce. E quando se imerge, ou se contrata, possui desde assistentes virtuais, equipe de suporte dedicada e todas as vantagens que um novo cliente precisa.

Temos alguns artigos que podem ajudar na escolha de uma plataforma que atenda suas necessidades, são eles:

Espero ter ajudado a clarear suas ideias, assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades de nosso blog.

Receba os melhores conteúdos sobre formas de pagamento online!
Sobre o autor
Marco Galvão
Marco Galvão Apaixonado por Marketing, formado em Administração, Pós-Graduando em Marketing e Gestão Estratégica de Negócios. Hoje também pesquisador e amante de assuntos relacionados a pagamentos online. Como Hobbies gosto de fotografar, ouvir música, viajar e cantar (mesmo sem saber) ! Bom tê-lo aqui comigo :)