Logo da Universidade Yapay com a coruja como símbolo Conheça a Universidade Yapay!

Como a cobrança recorrente contribui para a redução da inadimplência?

Conheça as vantagens da cobrança recorrente para diminuir a inadimplência do seu negócio.

Como a cobrança recorrente contribui para a redução da inadimplência?

Estima-se que hoje 64,7% das famílias no Brasil estão endividadas e 12% não terão condições de pagar as contas atrasadas. Os dados, da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) feita em julho de 2020, mostram que inadimplência é um tema comum ao brasileiro.

Quem nunca se viu apertado e deixou para quitar as dívidas depois do vencimento, quando entrasse uma grana? Pior, qual é o empresário que nunca teve de lidar com falta de pagamento pelos serviços prestados? Nesse cenário, quais são as alternativas para que os empreendedores possam reduzir índices de inadimplência em suas empresas?

Elaboramos este conteúdo com algumas dicas e mostramos como a cobrança recorrente pode ser uma aliada do dono de negócio, seja ele uma startup ou um e-commerce. Confira!

O que caracteriza uma situação de inadimplência?

Antes de falarmos sobre os benefícios da cobrança recorrente, é importante diferenciar inadimplência de endividamento, pois são situações distintas. Fala-se em endividamento quando uma pessoa contraiu dívidas, mas pretende pagá-las no futuro. É o caso, por exemplo, de parcelamentos no cartão de crédito ou os antigos “carnês” de lojas.

A inadimplência acontece quando a dívida já venceu, isto é, o período para quitar aquele dinheiro já passou, e o consumidor não pagou a conta. Neste caso, considera-se que a pessoa está inadimplente.

Como solucionar casos de inadimplência?

Para que sua empresa não sofra as consequências de uma clientela inadimplente, estabeleça algumas ações como manter a transparência sobre os valores cobrados, fazer a conciliação bancária e implementar um sistema de cobranças recorrente. Saiba mais detalhes sobre cada uma delas.

Seja transparente

Não deixe o cliente no escuro. Antes de contratar seu serviço, ele precisa saber exatamente quais as taxas cobradas e formas de pagamento permitidas. Ser transparente sobre preços e condições de pagamento fará com que suas taxas de inadimplência sejam menores, já que o consumidor sabe exatamente a quantia que sairá de seu orçamento.

No caso das cobranças recorrentes, é importante deixar claro:

  • o preço da assinatura;
  • a data da cobrança;
  • a forma de pagamento (boleto, cartão de crédito, débito em conta);
  • o período de tempo do serviço contratado e a data da renovação;
  • se a assinatura pode ser parcelada ou não (alguns serviços oferecem a opção mista, de parcelar o valor da cobrança recorrente; avalie o que se encaixa melhor no seu negócio).

Faça a conciliação bancária

Conciliação bancária nada mais é do que a comparação entre os registros de pagamentos dos clientes com os dados da conta bancária da empresa. Ao perceber que há divergências, ou que o orçamento previsto não bateu com o fechamento do dia/mês/semana, você pode identificar onde houve falta de pagamento.

A conciliação bancária só funciona se for feita regularmente, porque você consegue detectar quando um pagamento não foi feito logo após a inadimplência e logo entrar em contato com o cliente, aumentando as chances de que ele quite a dívida mais rápido. Se a conciliação bancária for feita a cada semestre, por exemplo, dificilmente você terá argumentos para cobrar uma dívida que não foi paga há mais de 3 meses.

Avalie o motivo dos atrasos

Ao analisar a causa dos atrasos nos pagamentos, você consegue ter informações para delimitar sua política de cobrança. Além disso, pode desenvolver uma estratégia mais acertada para a abordagem da equipe de cobranças.

Se o motivo de seus clientes atrasarem os pagamentos é o esquecimento, vale a pena reforçar os pontos de contato, por meio de e-mails, mensagens em aplicativos, ligações (dependendo dos canais de comunicação que você estabelece com seu consumidor). Isso faz com que os clientes não esqueçam da conta a ser paga.

Quais são as vantagens da cobrança recorrente?

Cobrança recorrente é aquela feita de forma periódica, durante um período de tempo contratado e acordado por ambas as partes. É a famosa “assinatura”, e pode ser feita em diversas modalidades de negócio e segmentos de mercado.

Se você tem uma startup, por exemplo, na modalidade SaaS (software as a service), a cobrança recorrente é uma boa pedida, porque seu cliente contrará o serviço e pagará por ele enquanto estiver usando.

Algumas das vantagens da cobrança recorrente (que ajudam a reduzir a inadimplência):

  1. O recolhimento do dinheiro é feito de forma automática pela plataforma que você contratar, seja na forma de emissão de boletos, débito em conta ou cobrança no cartão de crédito;
  2. No caso do cartão de crédito, a cobrança recorrente evita que o cartão esteja com todo o limite comprometido, como acontece com pagamento de valores anuais parcelados;
  3. Os clientes não precisam se preocupar em lembrar de pagar pelo seu serviço, o que reduz as taxas de inadimplência por esquecimento;
  4. Qualquer inadimplência pode ser detectada facilmente pela plataforma de cobrança recorrente que você escolher como sua parceira comercial.

E, se mesmo com a cobrança recorrente, houver inadimplência?

É muito difícil que uma cobrança recorrente não seja paga, porque os pagamentos são automatizados e entram direto no cartão de crédito do consumidor ou em débito automático na conta-corrente. Mas, se mesmo com essa solução implementada, você ainda perceber que alguns valores não entram no seu fluxo de caixa, vale averiguar.

Pode ser, por exemplo, que seus clientes tenham comportamentos de compra muito particulares, gastando mais do que podem e estourando o limite de crédito. Pode ser também que eles tenham trocado de banco e/ou cartão de crédito, sem atualizar os dados na plataforma de cobrança. Mantenha sua conciliação bancária sempre em dia para evitar que esse tipo de situação incomum prejudique a situação financeira da sua empresa.

A inadimplência é um assunto delicado com o qual todo empreendedor terá de lidar. Para que as cobranças sejam feitas de forma saudável e sem prejudicar a imagem da empresa, conte com a cobrança recorrente. Assim, os pagamentos serão feitos automaticamente no cartão do consumidor, sem que ele se sinta constrangido por não haver pago a dívida.

Ainda com dúvidas? Se você está buscando uma solução eficaz para reduzir a inadimplência na sua startup, entre em contato com a nossa equipe e conheça nossos serviços!

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo