E-book intermediador

Afinal, o que é NPS e porque aplicar na minha startup?

Aprenda mais sobre o conceito de NPS (Net Promoter Score) e veja como aplicar essa metodologia em sua empresa!

Afinal, o que é NPS e porque aplicar na minha startup?
ebook startup

NPS significa Net Promoter Score e é uma métrica cuja finalidade é mensurar a satisfação e a fidelidade dos consumidores que compram na startup. Por ser um método prático e que oferece bons resultados, ele é aplicado nas pesquisas periódicas realizadas com os clientes, por empresas de diferentes tamanhos e em lugares diversos.

Para aplicar o método, é preciso calcular o índice, baseando-se nas notas dadas pelos clientes em uma escala de 0 a 10. Consideram-se como clientes detratores os que dão notas entre 0 e 6, como clientes neutros os que dão notas entre 7 e 8, e como clientes promotores os que dão notas entre 9 e 10.

Saiba mais sobre o que é NPS analisando as razões para aplicá-lo em sua startup. Continue a leitura!

O método NPS é padronizado

O NPS é conhecido no mundo inteiro como o padrão para mensurar e aprimorar a fidelidade dos clientes. A padronização permite que o NPS de uma empresa possa ser comparado com facilidade ao NPS de outras empresas.

Assim, o gestor poderá compreender sua situação na conjuntura atual, bem como a situação de seus concorrentes.

A solução é simples e rápida

Sabendo o que é NPS, o gestor percebe o quanto ele é simples e rápido, já que se baseia na pontuação. Nada mais fácil que pedir ao cliente que dê uma nota entre 0 e 10. Depois, basta fazer o cálculo e interpretar os resultados da pesquisa.

O procedimento de cálculo é simples

Por ser quantificável, o NPS permite ao gestor ter dados seguros sobre a startup. A interpretação é fácil e sem segredos. Para realizar o cálculo do Net Promoter Score, existe uma fórmula simples:

NPS = % promotores – % detratores

Para exemplificar, consideremos um cenário de 200 clientes em que 125 deles dão notas entre 9 e 10, 50 dão notas entre 0 e 6 e 25 dão notas entre 7 e 8. Temos, então, os seguintes percentuais:

  • promotores: 62,5%;
  • neutros: 12,5%;
  • detratores: 25%.

O NPS será, portanto, de 37,5% (zona de aperfeiçoamento).

Existem 4 classificações para entender melhor os resultados:

  1. zona de excelência: percentual entre 75% e 100%;
  2. zona de qualidade: percentual entre 50% e 74%;
  3. zona de aperfeiçoamento: percentual entre 0% e 49%;
  4. zona crítica: percentual entre – 100% e – 1%.

Há melhoria no posicionamento da marca

Considerando os resultados, a startup pode refazer suas estratégias para melhorar sua pontuação. Se estiver na zona de excelência, é importante que a estratégia seja mantida para assegurar a permanência da empresa na mesma posição.

No caso de zona crítica, é urgente realizar reformas rápidas e radicais, pois, o público-alvo está efetivamente insatisfeito. Talvez seja preciso remodelar muita coisa, inovando produtos/serviços, melhorando a qualidade do atendimento e assim por diante.

A startup que aplica o método tende a ganhar boa reputação entre os clientes. Quando os consumidores, mesmo sem saber o que é NPS, sentem-se valorizados e percebem que sua opinião tem importância para a empresa, eles passam a enxergá-la com outros olhos.

O NPS favorece a visão macro e o direcionamento

A métrica ajuda a revelar qual é o sentimento do cliente em relação ao negócio, à qualidade do produto/serviço, à prontidão do suporte ao consumidor, à eficiência dos processos, à facilidade no uso da aplicação e outras coisas.

A partir do Net Promoter Score, o gestor pode compreender melhor as necessidades dos consumidores e o que eles esperam do negócio. O NPS é uma fonte de feedbacks que permite orientar a empresa para melhorias e apontar caminhos a seguir sempre em busca das melhores soluções.

Entre os insights que o NPS proporciona, estão a detecção de bugs, a priorização de atividades e a possibilidade de evitar erros no estágio inicial do cliente.

Agora que você já sabe o que é NPS, fica mais fácil aplicar o método em sua startup por meio de um painel simples, em que cada pessoa que entra na loja física ou acessa o site pode pontuar.

Gostou deste post? Aproveite agora para aprender por que e de que maneira você deve usar o CRM na empresa!

Sobre o autor
Evandro Zanatta
Evandro Zanatta Especialista no desenvolvimento e crescimento de startups e produtos. Acredita no uso de data-driven para elaborar as melhores estratégias, alcançar os melhores resultados e sempre seguir no caminho correto. Tendo atuado em grandes plataformas de e-commerce e atendimento, atualmente lidera o time de marketing da Yapay, plataforma de pagamento do grupo Locaweb.
100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo