Logo da Universidade Yapay com a coruja como símbolo Conheça a Universidade Yapay!

Quais são as 4 fases de uma startup? Entenda aqui

Conhecer as fases de uma startup é de suma importância para o mercado atual. Por isso, é imprescindível entender quais são elas para desenvolver ações essenciais para cada uma.

Quais são as 4 fases de uma startup? Entenda aqui

Se você deseja que a sua startup se torne um negócio sustentável e promissor, é preciso passar por algumas fases fundamentais, responsáveis para que tudo ocorra conforme o planejado.

De forma análoga, podemos comparar as fases de uma startup como as de um videogame. A cada nível que passa, os desafios se tornam mais difíceis, ao mesmo tempo em que você adquire uma bagagem enorme de aprendizados e habilidades até atingir o seu objetivo.

Nas startups, a meta é chegar no ápice de sucesso no mercado. Por isso, continue a leitura deste texto, pois vamos explicar direitinho cada uma dessas fases. Confira!

Quais são as fases de uma startup, em sua construção e maturação?

Para construir uma startup sólida e eficaz para o seu negócio, é preciso passar por 4 fases. A seguir, explicaremos detalhadamente sobre cada uma!

Ideação

Para explicar o que é a ideação, podemos fazer uma analogia com a nossa adolescência. Cada um de nós viveu esse período de forma diferente, com hábitos e costumes distintos. Entretanto, é nessa fase que vemos que não poderemos conquistar tudo o que idealizamos.

É isso o que ocorre com uma startup: após ter idealizado alguns planos, esse é o momento de tirá-los do papel é colocá-los em prática. Nessa fase, algumas perguntas começam a surgir, como:

  • Quem serão os meus clientes?
  • Será que eu sei explicar o meu produto?
  • Qual é a forma correta de dizer para os meus clientes o que eu quero atingir?

Questões como essas podem surgir no pensamento dos empreendedores — e praticamente todas elas precisam de uma resposta, mesmo que ele mude de ideia depois.

Além disso, é importante salientar que essas perguntas podem mudar ao longo da construção da startup, pois cada ideia nova exigirá mudanças.

Portanto, a ideação também é a parte em que o empreendedor valida a startup. Esse é o momento de colocar em prática aquilo que foi planejado, visando projetos que promovam um relacionamento bom com os clientes.

Operação

Seguindo uma linha cronológica, nessa fase, podemos fazer uma analogia com a vida adulta. Quando encerramos o período da adolescência, as festinhas começam a diminuir e o número de boletos e responsabilidades a aumentar. Porém, ela não é composta apenas por pontos negativos, pois quanto mais crescemos, mais amadurecemos e aprendemos a lidar com os nossos problemas.

Essa fase também está presente na vida de uma startup. Com o planejamento consolidado, chega o momento de buscar consumidores e expandir as ideias. Ao entrar no competitivo mercado capitalista, é necessário proporcionar ao cliente um serviço pronto para o consumo e a entrega do seu produto. Ou seja, é preciso garantir um diferencial.

É emocionante ver a sua empresa crescendo e saindo definitivamente do papel, não é mesmo? Por isso, essa fase é o momento ideal de pensar em rodadas e aportes de investimentos. Por exemplo, é possível participar de programas de aceleração, para que consiga alcançar um bom patamar de desenvolvimento em um curto período de tempo.

Além disso, também é importante executar ações com o intuito de gerenciar melhor a sua rotina. Isso porque, diante do mercado atual, as chances de o seu tempo não ser o suficiente são grandes. Outra ideia relevante é praticar o networkings, que consiste em manter contato com outros profissionais da área para trocar experiências e ideias.

Tração

Continuando com a nossa analogia, na fase de tração, continuamos na vida adulta, mas com mais maturidade: conseguimos dar mais passos pelo mundo e com maior conhecimento para saber quais rotas percorrer. Colocando na prática e de forma mais clara, a tração se resume a crescer.

Somando todas as experiências vividas pelo empreendedor, o caminho fica menos árduo e com menos erros. Por isso, nesse momento, tudo já está mais estabelecido, proporcionando um maior crescimento da empresa.

Para essa fase da startup, indicamos um foco maior no fluxo de caixa, pois é imprescindível direcionar a atenção ao capital que entra e sai. Outro ponto que deve ser analisado é modelo de negócios, uma vez que é de suma importância tê-lo definido para elevar o número de consumidores e impulsionar o desenvolvimento da empresa.

Além de tudo o que foi dito, essa fase também se resume à escalabilidade, que é a capacidade de o seu negócio se desenvolver sem perder a sua essência.

Scale-up

Para que o seu negócio entre nas fase de scale-up, é necessário ter um crescimento de 20% em 3 anos consecutivos, podendo ser em receita ou em número de colaboradores.

Se o crescimento for em número de colaboradores, a empresa deverá ser formada por 10 ou mais funcionários no início do período de 3 anos. Sabemos que é mais difícil, mas, quando ela se enquadra nesse cenário, eles serão diferenciados e bem desenvolvidos.

Ao formar uma equipe completa e bem estruturada de colaboradores, chega o momento de buscar especialistas para cada área estratégica da sua empresa. Nesse momento, é muito importante contar com empresas especializadas no crescimento de startups para ajudar a desenvolver o negócio.

Além disso, é de suma importância ter um modelo sustentável. Para isso, é possível usar rodadas de investimento para auxiliar ainda mais no desenvolvimento, como mencionado anteriormente.

Lembre-se de que os empreendedores são muitos, mas você pode se diferenciar com a bagagem adquirida com as suas experiências. Por isso, não tenha medo de errar, pois é dessa forma que se aprende.

Por fim, é importante destacar que existem alguns profissionais que não consideram essa como sendo uma das fases de uma startup. Porém, preferimos mostrá-la e deixar essa decisão a critério do leitor.

Agora que você chegou ao fim deste texto, deve ter percebido que criar um negócio não é uma tarefa fácil e exige muito do empreendedor. Porém, temos certeza de que as fases de uma startup ficaram mais claras, não é mesmo?

Se você gostou deste texto, aproveite para assinar a nossa newsletter e receba os nossos artigos no seu e-mail!

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo