Logo da Universidade Yapay com a coruja como símbolo Conheça a Universidade Yapay!

Retargeting: o que é e como usar no e-commerce

O retargeting é uma excelente estratégia para gerar vendas em seu e-commerce. Consiste em veicular anúncios altamente segmentados para os usuários. Entenda!

Retargeting: o que é e como usar no e-commerce

O abandono de carrinho é um dos grandes vilões do e-commerce. O fenômeno dos clientes que navegam pelos produtos da loja, escolhem alguns itens e desistem no caminho é cada vez mais comum, por isso, é preciso saber o que fazer diante dele.

Uma possível solução é trabalhar com o retargeting, uma estratégia que consiste em resgatar as oportunidades de venda e relembrar os consumidores sobre as suas mercadorias.

Trata-se de uma abordagem muito comum, mas que precisa ser realizada de maneira consciente, com o devido cuidado para que funcione corretamente e gere resultados positivos. A partir disso, é possível obter mais vendas, uma audiência crescente e a expansão do seu negócio virtual.

Se você quiser aprender mais sobre esse tema, continue a leitura dos tópicos abaixo!

O que é retargeting?

O retargeting é o ato de lembrar os clientes sobre sua marca, uma vez que eles já tenham alguma experiência com ela. Ou seja, depois que houve um contato, uma visita e outras ações do cliente, você resgata a atenção dele para seus produtos e sua loja. Isso é feito com anúncios (ads) específicos, que surgem para os usuários onde quer que estejam na web.

Por exemplo, você se lembra da última vez que algum cliente passeou por sua loja virtual e saiu sem comprar? Se sua empresa tem esse controle, ela pode monitorar esses casos.

Pois bem, com os ads aparecendo novamente, o e-commerce consegue convencer esse consumidor a voltar para o site e até mesmo a finalizar a compra que começou anteriormente. Tudo isso, com base em convencimento e segmentação, sem forçá-lo a nada.

Como ele funciona?

Um cookie da página virtual da loja é instalado no navegador do usuário e rastreia os seus passos na web. A partir disso, os sistemas de ads conseguirão mostrar anúncios personalizados para esse cliente quando ele estiver em outra página, ou até mesmo em uma de suas redes sociais, comunicando-se com amigos.

Essa técnica é o que faz com que um usuário veja produtos em um e-commerce, feche a aba, procure por outro assunto no buscador e veja ads específicos sobre aquilo que já demonstrou interesse antes. Em outras situações, ele pode acessar o YouTube e ver ads específicos antes dos vídeos, de modo a iniciar uma conversa sobre a marca e os itens visitados.

Trata-se de um método que pode ser aplicado em todas as etapas do funil de vendas, bem como em quaisquer canais que sua audiência utilizar.

Ele se diferencia de outras abordagens de convencimento de clientes por ser um contato com quem já conhece a empresa. Assim, não deve ser usado para gerar conhecimento de quem nunca ouviu falar da loja.

Para o retargeting, o tempo é uma variável de extrema importância. Não vale a pena conduzir uma série de anúncios por muito tempo depois da ação do usuário, pois isso não vai servir para lembrá-lo devidamente.

Quais são os tipos de retargeting?

Antes de seguir com o artigo, precisamos esclarecer algumas questões. Uma delas é em relação aos tipos diferentes de retargeting: baseado em pixels e baseado em listas.

O baseado em pixels opera a partir do monitoramento de visitantes do seu site que você ainda não conhece. Já o baseado em lista é construído sobre pessoas que já estão no banco de dados da empresa, em uma espécie de listagem de contatos importantes.

Qual é a diferença entre retargeting e remarketing?

Outra questão a ser esclarecida é a diferença entre retargeting e remarketing. Esses são conceitos amplamente confundidos, mas que não necessariamente querem dizer a mesma coisa.

O remarketing trata de estratégias e abordagens de marketing para falar com quem já teve um contato com a empresa, não através de anúncios, mas por canais diferentes e de uma metodologia sólida.

Assim, manifesta-se pelo envio de e-mails para quem não finalizou uma compra, por exemplo. É como uma nutrição de leads que começaram algo e não finalizaram.

Nesse sentido, o remarketing contém a ideia de retargeting, mas vai além, incluindo subáreas inteiras do marketing digital, como o e-mail marketing.

Quais são as vantagens para o e-commerce?

O retargeting traz diversos benefícios ao e-commerce quando bem elaborados e implementados, confira alguns benefícios:

Engajamento

Um dos benefícios é justamente o aumento de engajamento dos clientes. Com a ajuda dos anúncios segmentados, que seguem o usuário, é possível gerar valor para eles, mostrando como a empresa pode ser útil e importante para que algum problema seja resolvido.

Dessa forma, você mantém o consumidor antenado e conectado com sua loja, de modo que ele entenda quem você é e considere negociar com você novamente.

Conversão

Outra questão é o aumento no número de conversões e compras. O grande objetivo do retargeting é reverter o problema dos carrinhos abandonados, portanto, trazer o cliente de volta para uma ação adiante no funil de vendas.

Com os anúncios veiculados no momento certo e com a mensagem correta, compradores serão capazes de entender que precisam dos produtos e seguirão a fim de tomar a decisão final.

Segmentação

Da mesma forma, é importante ressaltar a importância da segmentação e personalização. A grande vantagem dessa estratégia é que ela separa conteúdos específicos para as pessoas certas, de modo a gerar valor. Funciona com base no histórico, ou seja, conversa diretamente com uma pessoa que realmente teve interesse naqueles produtos.

Essa customização na mensagem pode conquistar a atenção dos consumidores, fazendo com que eles percebam que a empresa tem um mecanismo inteligente a seu favor e sabe como vender para os compradores.

Os clientes percebem que aquela loja virtual é diferente das outras, que estão interessadas em empurrar produtos e vender sem se preocupar com as dores deles.

A segmentação permite que os anúncios sejam realmente efetivos, o que evita que esses usuários sejam dispersados por algo que não os interessa.

Como o retargeting pode ser usado?

Para conduzir processos de retargeting e obter resultados reais, é fundamental ter atenção e considerar alguns aspectos. O primeiro deles é a necessidade de padronização moderada desses anúncios, com o seguimento de algumas regras únicas em todos os canais e exploração de elementos diferentes.

As mensagens devem ser todas personalizadas de acordo com os usuários, mas mantendo os aspectos do branding da empresa e as características específicas de cada canal.

Outro fator a considerar é a frequência de apresentação desses ads. O importante é não ser incisivo demais, a ponto de se tornar irritante, mostrando os mesmos ads ao usuário em todo site que ele visita.

Assim, é preciso ter uma boa noção da quantidade ideal para cada grupo de consumidores, o que pode ser ponderado com a ajuda de testes A/B.

Outra questão é o uso de abordagens especiais para resgatar a atenção dos clientes, para que seja possível fazer com que ele retorne ao carrinho e finalize a transação. Para isso, trabalhe com cupons de desconto, condições especiais de frete, ofertas de brindes, entre outros benefícios interessantes.

Se a personalização é a estrutura fundamental da abordagem que estamos discutindo, não podemos esquecer de falar da mensuração. Tenha em mente a necessidade de analisar tudo e controlar os dados referentes aos anúncios e à aceitação deles por parte dos consumidores.

Como vimos, o retargeting é uma importante ferramenta para reduzir abandono de carrinho e garantir que a empresa se torne certeira no convencimento dos clientes. É fundamental saber como fazer isso, seguindo as boas práticas mencionadas.

Vale citar também que ele pode ser usado com o remarketing em todas as etapas, de modo a otimizar os resultados e garantir mais conversões e vendas.

Gostou deste texto e quer saber continuar por dentro desse assunto? Aprenda mais sobre anúncios, Google Adwords e mídia programática.

100.000 pessoas não podem estar enganadas Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo